.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

segunda-feira, 4 de abril de 2011

É preciso estar atento e forte...

( Galvezo/Corbis)


Quando nasci um anjo esbelto, desses que tocam trombeta, anunciou: vai carregar bandeira. Cargo muito pesado pra mulher, esta espécie ainda envergonhada. Aceito os subterfúgios que me cabem, sem precisar mentir. Não sou feia que não possa casar, acho o Rio de Janeiro uma beleza e ora sim, ora não, creio em parto sem dor. Mas o que sinto escrevo. Cumpro a sina. Inauguro linhagens, fundo reinos — dor não é amargura. Minha tristeza não tem pedigree, já a minha vontade de alegria, sua raiz vai ao meu mil avô. Vai ser coxo na vida é maldição pra homem. Mulher é desdobrável. Eu sou.

(Adélia Prado)




17 comentários:

Alexandre Mauj Imamura (lostinjapan.tk) disse...

Adélia Prado! Que beleza, gosto muito!

Eu tb acho o Rio uma beleza, rs.
ser mulher não deve ser fácil não... o mundo joga muito peso nas costas de uma mulher...

boa semana querida mãe Gaia!

Misturação - Ana Karla disse...

"Mulher é "rocha" mesmo".

BOM DIA BETH!

Estou passando para desejar a você uma boa semana.
Xeros

Dulce disse...

Bom dia, Beth
Andei procurando a informação que você queria e vi que "Tempos de paz" está na grade de programação do Telecine Premium dos dias 18/04 (as 07:40 h) e 21/04 (as 02:20 h). Espero que consiga assistir e que goste.
Beijos e um bom dia para você

Beatriz disse...

Poxa, e como sou desdobrável!
Ótima leitura logo na manhã de segunda feira!
Beijinhos e uma ótima semana!!!
Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com

Lúcia Soares disse...

Adélia é corajosa, enfrenta o "anjo torto" e o "gauche na vida" de Drummond, sem medo nem nada! rsrs
Queria ser assim, sem medos, disposta a enfrentar tudo.
Acho que a gente consegue quando quer muito...rsrs
Beijo e boa semana!

Glorinha L de Lion disse...

Às vezes adoro a Adélia, às vezes não. Esse poema é muito bom, pois fala da condição "desdobrável" de toda mulher, mas que muitas vezes somos coxas, ainda assim, somos...Faz parte da vida, às vezes coxear...beijos,

pensandoemfamilia disse...

Muito bom. Gosto de ser mulher e podemos ser, apenas SER.

bjs

Calu disse...

Adélia feminina, é a que mais aprecio.Traduz em poesia o ser mulher de antes e de agora; cumpridoras de sina ou revolucionárias da vida.
"Mulher é desdobrável"!
Linda escolha, Beth.
Bjkas,
Calu

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

voltei aqui pq lembrei da música da Gal rs...
Divino Maravilhoso, festival da Record...
http://www.youtube.com/watch?v=YSXEdTmpEmU

bjs

Nilce disse...

Oi Beth

Perfeito!
Mulher é tudo, é força, é luz, pode até ser coxa sem perder o valor.
Adoro ser mulher.

Bjs no coração!

Nilce

Valéria disse...

Oi Beth!
Que bom iniciar a semana com Adélia! Gosto muito de Adélia Prado, também já postei poemas dela, aliás comecei meu blog com ela. Lindo, só ela para escrever de forma tão poética e clara sobre a força da mulher!
Boa semana!

Bruxa disse...

Ser mulher não é facil, mas é tão gostoso.
Essa bagunça de sentimentos, a determinação... como dizem "mulher faz tudo que um homem faz, e em cima de uma salto agulha".
Não desmerecendo os menininhos, mas tantos anos tendo que se desdobrar tanto, fez com que nós, mulheres, criassemos uma destreza enorme pra quase qualquer coisa.

Beijinhos

Pitanga Doce disse...

Ih, que hoje tô tão dobradinha que até cabia numa caixinha de sapato. Dá pra desdobrar, não.

Wanderley Elian Lima disse...

Posturas decididas, de mulher que sabe onde quer chegar. Gostei.
Bjux

Luma Rosa disse...

Sensacional este anjo esbelto :D "Com licença poética", inspirado anjo torto do "Poema de sete faces" de Carlos Drummond - também Chico Buarque, um anjo safado! Torquato Neto, um anjo louco!! Eita, imagina esses anjos todos juntos? :) Boa semana! Beijus,

ManDrag disse...

Ok! Chegou o momento Adélia Prado para mim!
Peculiar como por vezes a vida conjuga sinais para nos dizer algo que procuramos.

Abraços, com amizade

Cris Caetano disse...

Adélia é sábia... adoro Adélia!

Uma frase dela me acompanha, no Nuvens e na minha vida: "O sonho encheu a noite, extravasou para o meu dia. E é dele que vou viver, porque sonho não morre".

Beijos