.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

O Amor Perfeito de Cecília Meireles

(Harpur Garden Library/Corbi)



O tempo seca a beleza.
seca o amor, seca as palavras.
Deixa tudo solto, leve,
desunido para sempre
como as areias nas águas.

O tempo seca a saudade,
seca as lembranças e as lágrimas.
Deixa algum retrato, apenas,
vagando seco e vazio
como estas conchas das praias.

O tempo seca o desejo
e suas velhas batalhas.
Seca o frágil arabesco,
vestígio do musgo humano,
na densa turfa mortuária.

Esperarei pelo tempo
com suas conquistas áridas.
Esperarei que te seque,
não na terra, Amor-Perfeito,
num tempo depois das almas.

Cecília Meireles 









21 comentários:

Luciana Klopper disse...

Lindo!

Cris França disse...

que post poesia maravilhoso, acho que é assim mesmo, bjs querida

lolipop disse...

Oi Beth!
Adoro ver o aviãozinho a passar ali no seu painel, com a bandeira de Portugal atrás...(risos)
Sinto como se estivesse voando até aqui...fazendo uma visita...bebendo um chá, cheirando suas flores, e lendo os poetas de que gosto, como Cecília Meireles.
O tempo...remédio, cura e dilema...
TERNURASSSSSSSSSSS
Bem hajas!

Teresinha Ferreira disse...

É vero...O tempo é ingrato...
Eu adoro Cecília Meireles...
Bjs mil

HSLO disse...

Bravo! Belo texto.


abraços

William Garibaldi disse...

Salve Cecília! Amo! Amo!
E o Blog tá charmoso que só... com Lennon!.. com você em super postagens!
Charmosaaaaa!!!!
Chique!

Isadora disse...

Beth, que lindo poema. E que imagem maravilhosa você postou.
Minha amiga acredito, sinceramente, que o tempo é sábio, além de ótimo conselheiro e seca, sim, lembranças e pranto e quando estes secam, estamos prontos para nos aventurarmos mais uma vez.
Um beijo

Nilce disse...

Oi Beth

O tempo tanto pode ser cruel, como também apagar muitas mágoas, ou transformá-las num mal maior.
Adoro Cecília.

Bjs no coração!

Nilce

Beatriz disse...

Oi Beth, que lindo ler Cecília Meireles antes de dormir....Assim como ela, esperarei pelo tempo, mas não muito, pois tenho pressa de realizações!!!
beijinhos
Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

A poesia brasileira é muito rica e bonita! Que bom vc divulgar, Beth. Eu adoro!
como tá tudo por ai? aqui uma correria, mas fora isso tudo ótimo!
bjs e bom dia pra vc, minha querida amiga mãe gaia!

pensandoemfamilia disse...

Amei, muito lindo, mas chega a ser triste nos darmos conta deste secar, ma por outro lado acreditar que existe um amor que não precisa ser tão perfeito, mas que sabe se dar e receber.
bjs.

Monica Lidizzia disse...

Fofo é lindo, Beth!
Obrigada pela parte que me toca : > )

bjnhs e ótimo final de semana!

welze disse...

que coisa mais linda de se ler.

Bombom disse...

O Tempo seca, mas o Amor rega e vivifica. Um ramo de Amores Perfeitos para ti! Bjs. Bombom

Camille disse...

Como diria Margueritte Yocenar, o tempo é "um eterno escultor". E nos passamos por ele nascendo, morrendo, renascendo. Linda sua poesia.
Beijos querida,
bom final de semana,
Cam

ManDrag disse...

Amiga Beth,

Quando eu me dedicava à fotografia, os amores-perfeitos eram as flores que eu mais fotografava. Muitas memórias me trouxe a foto do post.

E o tempo faz-se de memórias também. E também traz consigo o polimento que dá o brilho aos cristais.

Um abraço com amizade

Lúcia Soares disse...

"O tempo seca a saudade,
seca as lembranças e as lágrimas."

Que bom, né, Beth?
E melhor ainda que há flores para nos alegrar a vida. Em seus vasinhos, com a terra amiga a acolhê-las.
Beijo e bom domingo!

Glorinha L de Lion disse...

O tempo, façamos com que seja nosso aliado! Lindo e triste poema de Cecília, que aliás, adoro...beijos,

orvalho do ceu disse...

Olá, querida
Esperar pelo tempo é sinal de sabedoria pura!!!
Bjs dominicais

Manuela Freitas disse...

OLá Beth,
Lembrei-me do meu canteiro de criança, onde também tinha amores-perfeitos, com diversas tonalidades.
Gosto da poesia de Cecília, mas só tenho um livro dela! Essa poesia que transcreves é de facto muito bonita e triste! Triste porque sempre que penso no tempo, considero que ele passa muito depressa!...
Como sempre um post muito lindo!
Acabei de fazer um post em que falo de ti, nada de especial, mas se quiseres passa por lá...
Fim de semana em cheio, não é? Espero as consequências em posts!
Beijinhos com muita ternura e um xiiiiii
Manú

Nina disse...

Gente,que coisa linda! é por isso tudo que amo Cecília, sabe??
É uma das minhas poetisas preferidas, desde qd a conheci com o "cheiro de peixe no ar" e ainda o livrinho pra criancas, "ou isto ou aquilo" que por sinal,é LINDO!!!!

as flores tbm estao lindissimas!!
Bjs Beth