.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

"E que o tempo nunca leve"





Tenho desejos de saborear e apreciar cada momento, por isso olho pros lados, tento fazer a paz dentro de mim, não permito me influenciar mais pelas notícias, preservo-me. Lembro-me todas as manhãs que a vida é curta e eu já vivi bem mais de sua metade e ao anoitecer posso não mais estar aqui.  Não sonho o impossível, mas quero tudo dentro do possível e assim vou vivendo, às vezes meio insanamente, porque ser 'certinha sempre' também é insano.  Carrego o meu melhor sorriso nos lábios, afinal ninguém tem culpa se tive um pesadelo na noite passada ou não estou bem de saúde ou meus problemas não são resolvidos.  Sim, eu amadureci.
















25 comentários:

Cris França disse...

lindo, encantou-me a frase , a imagem, o conteudo. bjs Beth

Regina Coeli disse...

Ólá Minha Querida Beth,

Como você também tenho adotado essa forma de viver e tem sido muito bom.
A maturidade nos traz sabedoria...
Fique com Deus e receba meu carinho.
Regina Coeli

Yoyo disse...

Belíssima reflexão, Beth.
Beijinhos

HSLO disse...

Maravilhoso viu...lindo demais.

abraços

Hugo

Rato de Rua disse...

Adoro Alice Ruiz! Ela é fantástica!

Amadurecer é tão bom, né? Estou nessa fase de amadurecimento. Acho que até o dia da nossa despedida desse mundo estaremos nesse processo de amadurecimento, né? A vida é um eterno aprendizado e sempre será. Então que aprendamos cada vez mais pra que a gente possa amadurecer cada vez mais, né?

Se cuida! Beijos.

Chica disse...

Linda frase e teu pensar...A cada diatemos um presente da vida...beijos,linda noite,chica

ManDrag disse...

Salve! Beth, amiga

É bom amadurecer. É bom crescer com o tempo; vê-lo passar e nós encontrarmos caminhos alternativos que nos levam a mais aventuras.
É bom olhar para trás e dizer "já vivi bem mais de metade da minha vida" e sorrir ao que ainda resta pela frente.
É bom saborear a vida, como quem saboreia o bolo favorito acabado de cozinhar.
É bom sonhar... e escrever.
É bom estar vivo e ter amigos.

Abraço, com amizade

Beatriz disse...

Oi Beth,
Acabei de chegar aqui à Mãe Gaia e gostei muito! Já tive uma ong chamada mãe gaia e, como ambientalista, estou sempre alerta e disposta a melhorar um pouco essa nossa mãe Terra!
Beijocas,
Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com

Mari disse...

Beth, gostei mt do que escreveu, é de uma grande sensibilidade.

Amadurecer tb nos guia para o caminho da felicidade.

Bjs amiga

Teresinha Ferreira disse...

Olá minha amiga Beth,
Que coisa linda!!! O crescimento interno é fundamental para saborearmos a vida de uma forma prazerosa. Pena que nem sempre conseguimos enxergar o quanto somos felizes e o quanto podemos nos aventurar por coisas simples e belas.
Tudo de bom.
Bjs mil

Bia disse...

Gostei muito desse texto Beth, tenho me sentido da mesma forma! :)

A foto da tatuagem está nesse post aqui: http://www.biamendonca.com/2009/07/carta-de-alforria.html

bjs

Lúcia Soares disse...

Beth, sinto isso em você o tempo todo.
Ainda não consegui.
Mas chego lá!
Beijo!

Lucia Cintra disse...

Linda foto e post. Tb nao troco essa minha fase de hoje por nada. Crescer e amadurecer eh algo precioso e acho que ate te ajuda a viver melhor e aproveitar mais os momentos. bjos

Nika disse...

Oi Beth conheci seu blog através do Blog da Barbára ( Mãe das Arábias) viciei no seu tbm, adorei a imagem e o conteúdo, todos temos que amadurecer faz os dias serem mais leves.
Estou construindo um blog tbm http://falaacoes.blogspot.com/ quando der dá uma passadinha lá eu ficarei muito feliz com algumas dicas suas..
Bjs

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Gostei muito dessa sua reflexão, Beth.
A vida passa tão rápida. e não temos tempo para viver de maneira ruim. O bem está dentro da gente, o bom sentimento, a leveza de viver. Se formos levar o peso do mundo nos ombros, então é melhor que a breve existência acabe por aqui.

Adorei essa mensagem, vamos viver bem!
bjs e bom dia

Luciana Klopper disse...

Adorei a imagem escolhida, o post tb, muito reflexivo, tb tenho tentado abstrair as noticias ao redor!!
Tem meme pra vc no meu blog!

Fernanda disse...

Cheguei até si através do meu amigo Alexandre, Lost in Japan!
Não li ainda o seu post, voltarei.
Estive a ler o porquê de Gaia no nome do seu Blog.
Adorei saber!

A minha curiosidade, prende-se ao facto de ter nascido e vivido 40 anos da minha vida, na cidade do Porto - Portugal.
Contudo, é em GAIA, cidade situada bem em frente ao Porto, separada apenas pelo rio Douro, ligada por muitas pontes, sendo as mais antigas a de D.Maria e a de D.Luís (ambas obras de Eiffel e anteriores à Torre com o nome do seu mestre), as mais emblemáticas e consideradas ex-libris de Gaia e Porto.
Trabalhei 14 anos em Gaia e atravessei a ponte D.Luís milhões de vezes.

Foi muito bom saber que Gaia significa Terra.

Conheço outra versão para este nome, talvez um dia lhe conte.

Beijinhos

Na Casa do Rau

Kelly disse...

Amadurecer faz um bem danado pra gente e pra quem está a nossa volta. Estou acompanhando teu blog, adorei teu cantinho, abraço

Luma Rosa disse...

Florzinha Lilás, ótimo que tenha amadurecido! Eu ainda não te acompanhei, ainda tenho os meus pitis, mas como disse outro dia o meu filho "Mãe, você fica feliz com tão pouco", mas é isto! Tenho simplificado a minha vida e dado valor aquilo que realmente importa! Também quero deixar a minha vida sustentável :) Beijus,

www.comtextosdavida.com disse...

Adorei a reflexão. Serviu como uma luva.
Bjs Lais

Ivana disse...

Bethinha, eu também tento me preservar, mas é difícil. No entanto, creio que ainda chegarei lá.
Beijos!

Regina Coeli Carvalho disse...

Que o tempo nunca leve nossa capacidade de se renovar diariamente.
bjs

j maria castanho disse...

Para que o teu sorriso nunca escureça...

acta nupcial

Nesta Lua Nova, sexta-feira, dia treze do oitavo mês
Estou em Uruk, meu amor, a vinte e cinco séculos de ti
E as árvores são as mesmas árvores cuja sombra te abrigou
Os animais rareiam mas são tão iguais aos que perseguiste
Excepto aqueles que nunca cheguei a conhecer se extinguiram
Os mesmos rios correm com idênticas águas sempre outras
O Tigre e o Eufrates antes cristalinos e insubmissos fluem
Agora tímidos e sujos e estagnam em barragens avulso
Os homens e mulheres já não flanam em sedas, linhos e lãs
E os brocados perderam as figuras geométricas que os esculpiam
Os losangos, círculos e triângulos da incógnita decimal divina
Nem inquietas danças balançam sob a sua passagem fugaz.

Mas esta esquina é a mais frequentada da cidade desde cedo
E nunca me falta trabalho, às vezes ainda se não vê claro e já
Tenho agricultores ou ricos negociantes para grafar contratos
Viúvas que querem mandar cartas a seus filhos e mais parentes
Nem nunca me faltam as tabuinhas de alabastro e terracota
E a deusa Inanna protege ciosamente altiva os seus súbditos
Porque Inanna, deusa do amor e da fecundidade, também é fiel
Súbdita incansável de Arina cuja luz a todos igualmente ilumina
Incluindo Gilgamesh, Enkidu ou até o sobrevivente Shuruppak
De quem o dilúvio quase tornou o único homem sobre a terra,
Embora se saiba hoje que não foi assim, pois todos aqueles
E aquelas que ao momento adoravam A Deus nos altos píncaros
Dos montes se salvaram ilesos e íntegros na carícia do vento
Como quaisquer frutos altaneiros a que as águas não atingem
Ou o voo das aves se torna impróprio ante encascada polpa.

Foi a principal prova do poder e gratidão de A Deus entre nós
De como o seu louvor é benfazejo e imaculado e são e puro
E de como nele os netos dos homens se fazem à medida avós
E de como o mundo todo é seu templo sem cúpulas nem muro.

Wilma disse...

"ser certinha sempre também é insano...", eu também já cheguei a essa conclusão. Temos mesmo que nos blindar contra as más notícias que nos invadem, haja força!!!

Dani dutch disse...

Beth, tambem penso assim, a vida é curta demais e passa muito rápido e sempre tento viver da melhor maneira possível comigo mesma. bjuss