.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

sábado, 6 de março de 2010

Quando o que nos move é a "Vontade"




Para falar de um filme que acabei de assistir em casa, fui lá no blog da Claudia, excelente por sinal, para relembrar um trecho de um post que ela fez ontem, afinal filosofia e ainda mais por Schopenhauer não é coisa que leio a todo instante, por esta razão as palavras abaixo ficaram em minha mente.  


Para Schopenhauer o mundo é uma representação, composta de duas partes inseparáveis: o objeto e sua consciência subjetiva acerca do mundo. O objeto é resultado do espaço e do tempo e ao tomar consciência de si próprio o ser humano se percebe como um ser movido por desejos e paixões que, para Schopenhauer, constituem a "vontade" o princípio condutor da vida humana. Para Schopenhauer a "vontade" corresponde ao ser humano em si; ela é a síntese de toda realidade. 

E a palavra "vontade" é que define o filme Last Chance Harvey ou em português Tinha que ser Você com Dustin Hoffman e Emma Thompson.  Bom demais para resistir! 


Além das lindas tomadas de Londres que me fizeram recordar doces momentos dos vários lugares por onde estivemos no ano passado,  o bom humor inglês domina e a atuação desses dois fantásticos atores prende-nos totalmente, onde, por fim, entendemos plenamente o sentido da palavra 'vontade' que Schopenhauer usa para definir aquilo que desejamos e  move nossas ações.  No caso, os personagens, queriam apenas ser felizes.  Se foram, não vou dizer, acho melhor conferirem.



14 comentários:

Ivana disse...

Bethinha, se arrependimento matasse eu tava durinha aqui agora! Hoje fui a locadora e "passei" por este filme, mas acabei pegando outro. Da próxima vez, não bobearei! Obrigada pela dica!
Beijos!

aminhapele disse...

Falando em Schopenhauer,talvez no seu pessimismo radical(alguns chamaram-lhe materialismo pessimista),lembro-me de uma frase que,no meu tempo de liceu,ficou:
"Assim como o fígado segrega a bílis,o cérebro segrega o pensamento".
Um abraço.

RoCosta disse...

Assisti a esse filme. Gostei. Nos traz a mensagem de que na verdade está nas nossas mãos a escolha de começar ou recomeçar.
Beijão!

Ana Paula Soldi disse...

Boa dica quero ver o filme, depois te conto.

beijos

Léo C. disse...

sabe o que é mais maneiro no filme? É amor sem cenas de amor. Só sentimento...mto mto bom.

Liza Souza disse...

Vou correndo procurar o filme!
Beijos

Luciana Håland disse...

Beth, obrigada pela dica, vou ver se encontro amanhã para assistir, já trouxe esse filme pra casa, ficou aqui uma semana e eu näo tive tempo de ver, ou melhor, achei que não fosse tão bom e näo priorizei. Vou ver se vejo essa semana. Tava passando na tv também e deixei de lado, agora acho que não tá mais.
Adorei a música de hoje.
Beijo e um bom domingo!

Glorinha L de Lion disse...

Oi Beth, engraçado é que vi o trailer desse filme e não me deu vontade nenhuma de ver...achei que devia ser meio água com açúcar...mas se vc diz que é bom, vou pegar pra ver!
Valeu a dica.
Beijos

Silvia Masc disse...

Boa dica, ainda não vi.

beijinho

Heloísa disse...

Beth,
Também gostei bastante desse filme. É daqueles que nos deixa mais leve.
Beijos.

ML disse...

Esse filme é muito bom mesmo, Beth.
Além de tudo Hoffman e Thompson são excepcionais atores, né? Vc assistiu ao making off? Vale e pena.

Quanto à vontade, minha irmã outro dia disse que a vontade faz até milagres, como nas para olimpíadas.

bjnhssssssssssssssssssssssss

Lucia Cintra disse...

Eh bom entao? Eu nunca quis assistir por achar que era meio bobinho, mas vou conferir. bjos

Marilac disse...

Beth,
Esse filme é maravilhoso, adorei!
Tb com esta dupla tinha que ser muito bom.Eu me emocionei com o envolvimento dos dois.Lindo, engraçado, surpreendente !

bjs

Marilac

Dani dutch disse...

Oi web-mãe, vou assistir ele hoje mesmo, pois o tempinho lá fora ta com cara de chuva,
bjuss