.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Um paralelo entre geologia e fé



O mundo inteiro está chocado diante da tragédia que se abateu sobre o Haiti desta vez, o terremoto devastador e que ceifou dezenas de milhares de vidas e deixou outro tanto desabrigados, com fome, sede, machucados, desesperados e ainda por cima desesperançados, já que o país repousa na borda de rachaduras na crosta terrestre - entre duas placas tectônicas - 'entre as placas do Caribe e da América do Norte, onde enormes faixas de terra deslizam uma contra a outra. Esse movimento gera energia e, quando as rochas não suportam a tensão, originam terremotos. Na região do tremor, há várias pequenas falhas."(UOL)

Acabo de ler que estes tremores secundários podem abalar o Haiti por semanas e abrir novas falhas geológicas.


Lembram que um pouco antes desta tragédia do Haiti, o Rio Grande do Norte sentiu um tremor forte na escala Richter?  Disse o professor da Univ.Fed.do Rio G.Norte - Joaquim Mendes que:  "O pior é que os sismos secundários acontecem mais distantes da capital - o primeiro foi muito próximo. E esses abalos devem estar afetando várias cidades onde o acesso é difícil, onde faltam mais suprimentos. Não que os secundários poupem Porto Príncipe, mas o mundo está ao menos olhando para lá. Sobre o resto do país ninguém sabe", disse. No mais pobre país das Américas, onde o socorro tem sido insuficiente nas primeiras horas, esses abalos de menor intensidade podem matar mais pessoas. Cerca de 300 mil estão desabrigados na capital, segundo estimativa da ONU."


Então minha gente, o que fazer?  Dinheiro está sendo doado, dívida externa perdoada, medicamentos, médicos, paramédicos, bombeiros especializados em grandes catástrofes como esta, voluntários, militares, ONGs, gente comum como nós ajudando em depósitos em contas bancárias, adoções de órfãos e um sem número de ajudas mobiliza nosso globo terrestre.


Não é hora de jogarmos a culpa na ignorância ou fé de um povo que sofre desde sempre e que, talvez, suas esperanças sejam depositadas nestes atos religiosos ou pagãos.  O problema do Haiti, como no Rio Grande do Norte ou em São Francisco que quase sumiu do mapa no século XIX são de origem geológica e não castigo divino como um conhecido líder religioso jogou estes dias na mídia, talvez querendo chamar atenção para si mesmo.


Será que este homem ou pessoas que assim pensam conhecem bem a Deus?  Não estariam eles agindo com a mesma ignorância que aquele pobre povo?!

Por isso é que fico com a resposta singela e sem mais pretensões das crianças.




Uma menina de 09 anos, moradora da Flórida, nos Estados Unidos, decidiu sozinha ajudar na arrecadação de fundos para as vítimas do terremoto no Haiti. Com um suco de limonada com laranjada, ela e o irmão conseguiram arrecadar pelo menos 24 dólares que serão doados à Cruz Vermelha americana, que apóia os desabrigados da capital Porto Príncipe.

UOL


Concentremos nossas forças mentais e esforços para ajudar aquele povo sofrido do Haiti e podemos começar vibrando boas energias para o Planeta, nossa Mãe Gaia querida.

Leiam também o excelente post da Luma sobre a história do Haiti.

E uma flor branca atendendo ao pedido da Meire por boas vibrações para o Haiti e seu povo.



15 comentários:

Glorinha Leão disse...

Lindo post, Beth!
Fico triste é com essa discussão boba e que não leva a nada sobre quem manda lá...e ainda vem o fanfarrão do Chaves, dizer que os EUA invadiram o Haiti...o lula molusco deve apoiar essa ideia...
Beijinhos.

Meire disse...

Oi Beth, creio que o minimo que podemos fazer é orara e enviar energias positivas para este povo que perdeu tanto. Sabemos que sera muito dificil o trabalho de reconstruçao, estamos lutando contra a força da natureza e dela pensamos saber muito mas sabemos pouco. Que Deus tome conta de cada haitiano que esteja perdido, sofrendo, sozinho, em algum canto ou debaixo de algum desmoronamento.

Bjs

Meire

Luciana Håland disse...

Nojo desses religiosos, pegam um momento de sofrimento humano para tentarem aparecer em cima.
Boas vibracões, Beth.
Beijo

Lúcia Soares disse...

Meu desejop sincero é de que a reconstrução do Haiti seja possível, mudando tudo por lá, completamente. É um povo sofrido, orpimido há séculos, desde sempre, afinal. O pouco que cada um possa fazer vai se tornar muito.
Bj

Silvia Masc disse...

Olá Beth, sem entrar em qq. mérito religioso, eu diria que não há ritual que resistisse a um governo que se preocupasse com a população. Transcrevo aqui, um trecho de um depoimento de uma pessoa da Unicamp que está lá: "A cidade é um amontoado de gente. A grande maioria, pessoas que vêm em busca de trabalho já que a agricultura foi destroçada e o projeto econômico passou a ser construir fábricas para fazer roupas para os estrangeiros. Todas as griffes famosas, que vendem caríssimo na Quinta Avenida, em Nova York, usam a mão-de-obra barata do Haiti e de outros países. Há a construção precária, barata, a ausência de um código de obras que obrigue as construtoras a fazer casas que resistam a tremores...
Como você vê, são várias coisas. É um conjunto de problemas.
Beijo

rocosta disse...

Beth... acabo de ler Caim de Saramago e ele toca justamente nesse ponto. Como assim Deus punir crianças inocentes? Enfim, a loucos pra tudo nesse mundo e gente esperta também.
Lindo exemplo o da garota!
Beijos muitos!

Georgia disse...

Oi Beth, belo post falando desse momento que abada o mundo inteiro. Esse pastor certamente nao conehce o AMOR de Deus; essas coisas fazem parte de todos que vivem nesta terra. Ontem uma mulher foi resgatada, porque o marido dela pela fé acreditou que ela estaria viva e estava. Ela ao ser resgatada, louvou a Deus com uma música, ela e o marido ao se olharem ela ainda nos escombros ele disse: eu te amo, eu sabia que vc estaria viva. Tô chorando até hoje ao lembrar disso. Essa menina, conhece muito mais o AMOR ao próximo que ele...

Pois é, já falei pra Christian que eu gostaria de adotar uma crianca no Haiti, sao delas que ficaram sem ninguém...melhor que falar é realmente fazer algo de concreto. Muitos por aqui abriram mao das suas férias e estao trabalhando voluntariamente na Cruz Vermelha empacotando coisas. Do nosso aeroporto aqui em Düsseldorf foram 30 toneladas e um multirao de pessoas foram para lá para trabalhar. Em Frankfurt a mesma coisa. Já que nao dá para eu ir, ao menos ajudando empacotando as coisas prá lá.

É isso.

Bjao

Luciana Klopper disse...

Esse lider religioso q falou uma tremenda baboseira, com certeza ele não cultua o Deus verdadeiro, pq Deus é amor e não ´dor, nada tem a ver com castigo tanta tragédia, e em resposta o mundo deve ser solidário a esse povo já tão sofridos!

Heloísa disse...

Beth,
Essa questão de querer saber de quem é a culpa é infantil.
E essa menininha que passou a arrecadar vendendo suco fez o que deve ser feito: partiu para a ação.
Essas orquídeas estão lindas.
Beijos.

Amiga, recebeu um e-mail que lhe enviei no dia 18?

Bia Mendonça disse...

Ai Beth, colocar a culpa de um catastrófe dessa em Deus ou castigo divino, é MUITA burrice, falta de conhecimento geográfico! Me pergunto o que ensinam nas aulas de geografia por lá (da onde esse pastor vem), para ele falar um absurdo desse!

E linda a atitude da menininha, mesmo que 24 doláres não sejam muito, pelo menos ela foi sensível o sufiente para se tocar com a história e quer fazer a parte dela!

bjs

Lucia Cintra disse...

Vc sabe bem o que eu penso a respeito de religiao. Certas pessoas sao tao fanaticas que ate some um pc de suas inteligencias e ja vao apontando o dedo a outras que nunca conheceram na vida, ja falando absurdos de abobrinhas! Mt ignorancia.

Fico ate meio pasma com a hipocrisia, pois se se dizem pessoas de deus, nao agem de acordo com esse comportamento. Mt triste mesmo. Bjos

Luma Rosa disse...

Uma conhecida colunista, formadora de opinião, mantou um tweet dizendo que, o que acontecia com o Haiti, era a prova que Deus não existe, porque se existisse isto não estaria acontecendo. Como ela é à toa! É como me refiro aos ateus que não se envergonham de usar daquilo criado por Deus e ainda denegrir a imagem. A minha resposta à ela, foi que, porque ela estava sendo incoerente, afinal, estava colocando a culpa em 'alguém' que ela dizia não acreditar na existência. Mas é lógico que ela me deu unfollow! (rs*)
Esse pastor não é ignorante, usam da fé para 'amansar ovelhas'. No passado, a igreja católica também usou muito a imagem do diabo, inferno para controlar o pensamento cristão.
O que este pastor deveria fazer, era entrar em campanha de solidariedade, como as crianças, não acha? Beijus,

aminhapele disse...

Tal como diz,minha amiga,a falha não é só geológica...
É um país do faz de conta em que,há muitas décadas,são uns políticos de opereta que "(se)governam".
Até nos esquecemos que "aquilo" ainda hoje tem um Presidente da República,uma 1ªDama(apareceu a receber Hillary,no seu salão do Aeroporto) e um Governo!
Acho que não deve ser subestimado o papel dos brasileiros que,sob a égide da ONU,há vários anos ali trabalham,quer a nível social quer a nível policial e que,na óptica de todo o mundo,têm tido uma acção inatacável.
Um abraço.

Lu Souza Brito disse...

Há pessoas que no momento da desgraça alheia vislumbram oportunidade de aparecimento. Para que? Este religioso poderia ter ficado calado.
Desejo imensamente que este país consiga se reestruturar. Muito sofrimento, muita dor, mas bem sabemos que as pessoas não se entregam. Tomara que não percam as esperanças.
Também faço minhas orações, não apenas por eles, mas pelo mundo todo que tanto tem sido castigado por estas tragedias climáticas, ou como você mesma explicou, geológicas.

Marcia Søvik disse...

Olá minha amiga blogueira,
Hoje infelizmente eu estou escrevendo não para comentar seu blog….mas para pedir ajuda para protestar contra a bárbaridade que está acontecendo no meu ex.bairro no Rio de Janeiro. Apesar de morar na Noruega, deixei família e bichinhos no RJ. Por favor leia meu post no blog marciasovik.blogspot.com e veja se vc tem alguma idéia para me ajudar. Estou contactando todas as blogueiras amigas para tentar alguma idéia de protesto. Se puder ajudar Mãe Gaia eu agredeço de coração!!!
Grande beijo