.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

O Gênio da Arquitetura e a Natureza Divina


(Foto feita debaixo do MAC-Niterói e vista da cidade do Rio de Janeiro ao longe)
(Imagem Joson/Corby)



Não é o ângulo reto que me atrai, nem a linha reta, dura, inflexível
criada pelo homem. O que me atrai é a curva livre e sensual. A curva que
encontro nas montanhas do meu país, na mulher preferida, nas nuvens do
céu, nas ondas do mar. De curvas é feito todo o universo. O universo curvo de Einstein.

(Oscar Niemeyer)

MAC: a explicação necessária
*Por Oscar Niemeyer

“Às vezes um projeto custa a se definir. Outras, ele surge de repente como se, antes, nele nos tivéssemos detido cuidadosamente. E isso aconteceu com este projeto. O terreno era estreito, cercado pelo mar e a solução aconteceu naturalmente, tendo como ponto de partida o apoio central inevitável. Dele, a arquitetura decorreu espontânea como uma flor. A vista para o mar era belíssima e cabia aproveitá-la. E suspendi o edifício e sob ele o panorama se estendeu mais rico ainda. Defini então o perfil do museu. Uma linha que nasce do chão e sem interrupção cresce e se desdobra, sensual, até a cobertura. A forma do prédio, que sempre imaginei circular, se fixou e, no seu interior, me detive apaixonado. À volta do museu criei uma galeria aberta para o mar, repetindo-a no segundo pavimento, como um mezanino debruçado sobre o grande salão de exposições. E me preocupei com os interiores, desejoso que fossem bonitos e variados, convidando os visitantes para conhecê-los melhor. No terreno, minha ideia foi acentuar a entrada do museu, desenhando a rampa externa. Um passeio ao redor da arquitetura. E senti que o museu seria bonito e tão diferente dos outros que ricos e pobres teriam prazer em visitá-lo”. 
 (Org. NIEMEYER, Oscar. Museu de Arte Contemporânea de Niterói. Rio de janeiro, Editora Revan, 1997.) 




Este belo Museu criado pelo talento do gênio Oscar Niemeyer todos os dias me inspira, me atrai, puxa a minha atenção para olhá-lo e admirá-lo nestas formas tão bem feitas e que se integram plenamente com a natureza à sua volta.  Parece uma flor aberta, às vezes lembra um disco voador quando iluminado de noite.  É bastante fotogênico inclusive! 


Ali mesmo, no subsolo tem um restaurante, tipo bistrô, comidinhas deliciosas para o almoço e café da manhã ou lanche da tarde.  Tudo isso circundado pela exuberância da paisagem que é vista de suas janelas, feitas como um filme em tirinhas e que sentados à  uma mesa junto delas, podemos observar a cidade e as montanhas do Rio de Janeiro do outro lado da Baía de Guanabara.

Esta semana, na terça feira ao cair da noitinha, o céu ficou assim, quase lilás, rajado de tons rosáceos e foi um deslumbramento. Parei até para ver esta paisagem, mas não estava lá no MAC e sim em outra ponta da praia, em Icaraí, mas pude vê-lo à distância sob  estas luzes inusitadas e lindas.  Duas outras amigas que moram nesta cidade puderam observar esta maravilha da natureza e captaram em seus blogs - a Glorinha e a Mila.

É nestas horas que a gente tem que parar tudo e olhar pro céu, pra natureza à volta  e pensar que a vida é bonita e é bonita, assim como viver e não ter a vergonha de ser feliz como já dizia o saudoso Gonzaguinha, para desfrutarmos do belo e simples que mãos humanas com genialidade produzem e as mãos divinas fizeram para nós ... gratuitamente.















(Imagens Corby)



 
(Eu, do lado de fora do MAC em 2007)

(Por dentro do MAC e a vista à volta)


  

 

18 comentários:

Xekim disse...

Olá Mãe Gaia.
Boa tarde.

Eu sou o Xekim que anda aqui a blogar com muitas amigas, entre as quais gostava de a incluir.
Veja o meu blog.

Criei um site onde todas as amigas, se possam encontrar.
Chama-se LAÇO COR DE ROSA, porque é dedicado a todas as que tiveram ou têm cancro da mama.
Claro que o site é aberto também a amigos/as.

Espreite, se gostar, inscreva-se como membro e divulgue.

Beijinhos

Glorinha Leão disse...

Oi Beth, então vc tb viu aquela maravilha de céu...não me contive e tirei muitas fotos...só coloquei uma no blog, mas vou colocar outras...foi lindo demais, né?
Presentão de natal antecipado...
Beijos e obrigada por seu carinho...precisamos nos encontrar ein?

Heloísa disse...

Beth,
Que cenário maravilhoso.
A genialidade do Niemeyer, e a beleza, ao longe, do Rio de Janeiro.
Realmente são cenas como essas que mostram a beleza da vida.
Fiquei com uma vontade enorme de ir conhecer esse lugar.
Beijos.

Lu Olhosde Mar disse...

amei, estou planejando apresentar o MAC pro namô...

Lúcia Soares disse...

Que lindas fotos, Beth. O Rio de Janeiro é realmente um deslumbre!
E Niemeyer está aí, firme e fote, com seus 102 anos, acbando de sair de uma cirurgia, enfim, é uma fortaleza. Aqi em BH ele projetou um complexo de edifícios onde se estabelecerá toda a sede do governo.
A famosa Praça da Liberdade, onde ficam o palácio do governo e as secretarias, com prédios lindos, será um centro cultural.
A sede agora projetada por Niemeyer certamente passará a ser mais um cartão postal da cidade, como a Igreja da Pampulha; o edifício que tem o nome do arquiteto e fica no entorno do palácio; a famosa Casa do Baile, na região da Pampulha também, e algumas outras obras dele que enfeitam BH.
Adorei a postagem! Bj

Lu Souza Brito disse...

Eu não conheço Beth. Mas fico encantada toda vez que o vejo. A Globo gosta de mostrá-lo nas suas novelas das 08:00h.

Sempre tive vontade de conhecê-lo, mas ainda não criei oportunidade.

Beijos

Mila Viegas disse...

É lindo demais! Todas as vezes que passo em frente ao MAC fico admirando a beleza e a ousadia da arquitetura. Niemeyer é um dos meus ídolos. Ele sabe transformar a vida em arte e nos presenteia com obras fantásticas.
Imagino o céu com este cenário, pois aqui está divino!
Realmente, a união da arte feita pelas mãos do homem com a arte feita por Deus. Todos os dias são especiais!

Namastê!

Bia Mendonça disse...

Beth!
Quando estive em Brasilia no meio do ano, fiquei encantada com as obras dele por lá! O cara é muito bom, e me parece que tem mais de 100 anos e ainda trabalha! :)

bjo

Bia Mendonça disse...

Beth, na maior cara de pau, "roubei" a brincadeira do seu último post! Mas olha, eu coloquei os devidos créditos! ;)

bjs

Ivana disse...

Bethinha eu já fui ao RJ, mas nunca visitei este Museu.
Agora em Ctba, vi o museu que ele projetou por lá e que tem a forma de um olho. Tb não deu tempo de entrar para visitar. Mas este homem é um exemplo de força, vitalidade e profissionalismo, típico exemplo de quem faz o que ama e ama o que faz!
Beijos!

Sonia H. disse...

Beth querida,

É um gênio mesmo! Fico feliz em saber que ele pôde comemorar mais uma ano de vida depois de ter permanecido hospitalizado por algum tempo.
Quanto a este museu, como é lindo! Já estive aí acho que duas vezes. Mas sempre gosto de contemplá-lo quando vou a Niterói.
Parece um disco voador mesmo.
Lindas fotos!
Beijos,

Luma Rosa disse...

E o mulequinho continua aprontando com seus 102 anos! Vai ver no carnaval de 2011!! Maravilhoso, eu aprecio muito!! :=))) Amore, terminando a preparação para minha viagem e antecipadamente quero lhe desejar boas festas!! Porque para ter boas comemorações, acho que basta olhar o por do sol!! Beijus,

Paulo Tamburro disse...

OI BETH, nós cariocas sempre metidos a fazer gracinhas e mostrar beleza ao mundo, quando encontramos um papa-goiaba, dizemos que em Niteroi,o que melhor existe, é a nossa paisagem.

Afinal , não foi gratuito a eleição do Rio de Janeiro como a cidade mais feliz do mundo.

O carioca não é só uma gente alegre, ele leva alegria e contagia de otimismo, por onde passa.

Tudo isto para dizer e agora seriamente, que demos ao magistral e inigualável arquiteto Oscar Niemeyer, o melhor pano de fundo , para sua obra deslumbrante que o MAC.

Deus na sua infinita sabedoria , juntou este arquiteto imortal a mais viva e majestosa beleza, que fica do outro lado da "poça".

Então a talentosa Beth, pediu licença e entrou no meio deste congraçamento dos divinos e cunhou o título mais preciso e correto:"O genio da arquitetura e a natureza divina".

Existem coisas na vida que devem ser tão precisas e corretas
como este título definitivo que você atribuiu ao seu texto.

Por exemplo: o cálculo do ângulo exato para a reentrada de uma cápsula espacial na atmosfera da Terra, tem que ser absolutamente precisa, caso contrário, tudo irá virar pó.

Foi com a sensação de estar admirando a competência da precisão com que ,a Nasa e os astronautas retornam das viagens espaciais, que li e aterrisei em Houston, à bordo do seu ônibus espacial de criativa inteligência Beth,para dar nome e desenvolver um texto, do qual não fosse sua habilidade, a genialidade de Niemayer e a mão do Criador, teria sido tão somente,mais um texto.

Agora eu entendo, as razãos que levaram você ao apresentar-se como:" Especialista em Relações Humanas (me dou bem com todo mundo)".

Realmente, estou muito satisfeito com o que li e querendo , cada vez
mais, poder me dar melhor com você.

Um abração carioca BETH!

Léo C. disse...

Eu vi a foto sim, linda mesmo.
Em Magé tinha dias que iamos jogar bola até o céu ficar vermelho, daí corria pra cima do morro e ficava olhando. Era maneiro demais tb.

Coloca mais fotos como essa pra matar as saudades dos freezeiros. :)

Isabel disse...

Niemeyer é um génio mesmo, as suas obras fizeram escola. Esse museu é uma obra prima. Para mim, que não percebo nada de arquitectura, o génio de um arquitecto está em conseguir harmonizar o edifício com a paisagem natural e isso ele conseguiu muito bem.
A sua cidade é muito linda :)
Bjs

Silvia Masc disse...

Lindo... espero conhecer.
Sabe que sempre que penso na arquitetura de Brasilía, me entristece, os políticos da maneira que estão não merecem estar em um lugar projetado pelo gênio da arquitetura.
Beijo carinhoso

Osinete disse...

Nossa,que lindeza.Tenho um carinho especial pelo Mac,foi lá que reencontrei um grande amor,depois de 23 anos sem saber nada um do outro e foi lindo.Mas tirando esse fato que é só meu,aplausos sempre para o grande Oscar Niemeyer e para você,que mostra toda a sensibilidade com estas fotos.
Bjs

Lucia Cintra disse...

Linda foto!! Quando sai do Brasil, esse lugar ainda nao existia, mas o visitei quando fui prai em 98. Adorei. bjos