.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Antes de mais nada.....

(Portal antigo em entrada de residência em Coimbra)


Oi, pessoal querido!


Estou em Lisboa desde a terça-feira e só faço me deliciar com o clima absurdamente fantástico, dias de sol, claro, sem uma nuvem para assustar e uma temperatura que acaricia e convida a ficar na rua desde cedo. Esta terra portuguesa é abençoada com certeza e sua gente mais ainda, que povo simpático, educado e ordeiro! Tenho muito a falar sobre vários aspectos do que estou presenciando por aqui, mas antes de mais nada preciso contar-lhes dos encontros com os amigos blogueiros que me acompanham daqui já há algum tempo e que foi uma alegria imensa poder abraçá-los e conversar pessoalmente com três deles nestes últimos dias.


A primeira a conhecer foi a querida Gabriela do blog da Avó Gabi e que veio de Torres Vedras até ao meu hotel em Lisboa, acompanhada de sua bela filha Sara e da netinha muito fofa, a Matilde, uma gracinha de criança. Que pessoas doces, simpáticas e sinceras! Ficamos, todas, muito sensíveis a esse encontro, pois a Gabriela estava indo se internar à noite para uma cirurgia que seria feita no dia seguinte e que correu tudo bem, mas nossos abraços e desejos juntas para que tudo se encaminhasse com a energia que emanamos uma para a outra é que foi fantástico. No dia seguinte, fui à Fátima e na mesma hora de sua cirurgia pedi por ela, fiz um pensamento luminoso para que desse tudo a contento e as graças recebidas aconteceram de verdade, pois tarde da noite ao retornarmos e telefonei para sua filha Sara, soube que a cirurgia havia sido um sucesso. Nosso encontro, além dos presentinhos que trocamos, foi um momento de grande troca espiritual, parecíamos primas distantes. Inesquecível! E os doces que ganhei da pastelaria de seu marido! Hummmmmmmm, nem lhes conto!






Neste mesmo dia, ao final da tarde, fui ao encontro aqui em Lisboa, perto do hotel fazer um lanchinho com uma linda "rapariga" (é assim que se fala aqui em Portugal) chamada Isabel do blog Vai Melhorar e que me surpreendeu com sua jovialidade além da beleza, pois pensava ser uma pessoa mais velha, mais corpulenta, mas não, é um bibelô em forma de gente. Graciosa, delicada e sensível. Aliás, sensibilidade sempre percebi pelos seus textos muito bem escritos e seu olhar atento ao cotidiano desta antiga e linda cidade que é Lisboa e de onde a Isabel é filha legítima. Que pena, morarmos tão longe, senão poderíamos nos encontrar em outras tardes como esta! Agora, estarei esperando por ela, lá no Rio de Janeiro que ainda não conhece. Vejam que rapariga bonita é a Isabel.


E ontem, eu e meu marido fomos ao encontro do Rui do Blog Pé de Cabra que no mesmo instante em que o vi, descendo a ladeira de sua rua, na incrível cidade de Coimbra onde ele mora e nos esperava, reconheci-o imediatamente. Era aquele mesmo senhor que sempre vi nas fotos de seu blog que me instigou desde quando o descobri na Internet, com um nome estranho, mas com assuntos políticos, poesias e textos inspiradores. Foi um encontro muito bacana, a começar pelo sobrenome dele que é o mesmo da família de meu marido e depois na recepção calorosa e toda cuidadosamente preparada por ele para nos receber em sua cidade que é uma pérola de tão linda e que nos foi mostrada com aquele esmero que um fidalgo português recebe seus convidados.
Gente, eu e o marido ficamos encantados e profundamente agradecidos ao Rui por sua acolhida em todo este dia que passamos juntos.! Além da cidade que nos ciceroneou, mostrando e contando cada detalhe de sua história, levou-nos a um verdadeiro restaurante português, daqueles lugares que eu via sempre em seu blog e dizia-lhe "Ai, que giro (legal)! Quando eu for em Portugal quero conhecer essas comidas e esse lugar!" Pois foi justamente o que ele fez. Levou-nos ao tal restaurantezinho, que na verdade chama-se "Casa de Pasto" e vejam só o cardápio delicioso e nome diferente para nós brasileiros, que nos foi servido:
- Entradas de: Carapaus de Escabeche (peixinnhos que parecem umas pequenas sardinhas regadas ao azeite de oliva) acompanhados de deliciosos pães caseiros; - Cogumelos aporcalhados com ossos de porco; - Sopa de Pedra (mistura com batatas pequeninas, legumes, carnes e uma pedrinha que meu marido é que foi sorteado com ela no prato) - Vinho tinto de Lamas - Sobremesa- Vomitado (uma mistura de amêndoas com ovos e musse de chocolate)


O máximo, gente! Quando que eu e o marido iríamos descobrir essas iguarias sozinhos? Essas coisas só se consegue, quando estamos junto com um nativo verdadeiramente, pois turistas fazem sempre os mesmos circuitos e acabam não conhecendo o âmago do povo. Mas o amigo Rui foi perfeito e estaremos devendo o mesmo a ele para quando for ano que vem ao Brasil.
Depois, passou toda a tarde com a gente, mostrando cada pequeno detalhe da cidade, culminando com a visita e entrada ao coração de Coimbra - a mais antiga universidade de Portugal - a Universidade de Coimbra - onde ele um dia formou-se em Direito e nos mostrou os meandros daquela cidadela incrível e onde fiz belas fotos. Depois fomos à sua casa, conhecemos a sua esposa Rosa Maria que docemente nos recebeu para um gostoso chá em sua casa. Saimos de Coimbra à noite e com 200 km de direção à Lisboa, pegando uma estrada impecável e chegando tarde da noite, mas felizes desse passeio que marcará nossas vidas.


Três encontros marcantes, três pessoas maravilhosas, três mundos diferentes dentro de um mesmo país, com a mesma língua que a minha e que escolhi para conhecer por ter as minhas raízes aqui também pela avó paterna. O Portugal de nossos ancestrais e de novos e queridos amigos.

Para os três amigos, não vejo a hora de receber a mesma acolhida quando forem ao Brasil.


Só tenho a agradecer a Deus por estes encontros de luz e pelos dias tão belos vividos sobre esta terra. E você, cuidado, poderá ser o próximo a ser por mim desvirtualizado!







17 comentários:

Kálita disse...

Beth que linda essa porta, o detalhe da flor em cima, e dos azulejos nas laterais, está liiiinda, onde é? em uma casa?
Ah que dias de fazer gosto hein? estou adorando tudo...

ah, vou correr este risco de te conhecer sim:)
e ouvir de perto essas estórias viagens que adoro :)

rocosta disse...

Que bacana, Beth!
Eu não terei nenhum cuidado: vou adorar divirtualizá-la ;-)
Beijos muitos!

As aventuras de uma brasileira no Egito disse...

Web-Mamys

Vou comecar uma campanha:

Web-Mamys vem pra Sampa!!!!!!

kkkkkkk

Que delicia esses passeios, fiquei muito feliz por vcs.

Beijos e fiquem com Deus

Barbrinha e Bebejinho

Web-Filha e Web-neto

Heloisa disse...

Hummmm!......que delícia esses doces portugueses!
Adoro!!!
Aliás, se eu tivesse que escolher um outro país para morar, certamente escolheria Portugal!
bjs amiga, abraços pro Wilmar!

aminhapele disse...

Foi um grande prazer queridos amigos,tanto para minha mulher como para mim,ter-vos conhecido.
Um dia destes voltaremos a encontrar-nos.
A "casa de pasto" onde almoçámos chama-se "Zé Manel dos Ossos" e situa-se no Beco do Forno.
Fiquei feliz porque (sucede raramente) Beth teve oportunidade de deixar a sua mensagem no "Livro de Honra".Nesse Livro,constam mensagens,entre outros,de Mário Lago e Jorge Amado.
Um grande abraço.

Camila Hareide disse...

Beth, em primeiro lugar, não me sacaneia descrevendo comida portuguesa (sou doida, espcialmente os doces)... Em segundo lugar, um tiquinho de sentimento de nostalgia - não sei porque - de te ver encontrando em carne e osso vários aigos virtuais. Que delícia de viagem - não só a viagem em si, mas a viagem interior - do mundo virtual pro real, sei lá! Tem um monte de gente virtual que eu adoraria conhecer em carne e osso... Tinha visto sua foto com a Isabel no blog dela...

Conta mais!

beijo

ML disse...

Beth: eu não tenho dúvidas que sua viagem está sendo maravilhosa.
Coincidentemente, minha mãe embarca pra Portugal em 2 semanas - e aí, quando vi o cardápio que vc postou liguei pra ela imediatamente.
Que loucura! Principalmente o nome da sobremesa! Esses nossos "irmãos" são criativos, né?
Que hilário!

Divirta-se por aí sob o sol, querida. Aqui chove chuva (adoro!)

bjnhs

Lu Olhosde Mar disse...

q experiencias maravilhosas, Beth qdo eu crescer quero ser igual a vc!

Luma Rosa disse...

Beth, Beth, Beth!! Quando você volta? (rs*)

O máximo você tirar as amizades do virtual e trazer para nós as imagens.

*Que animal é aquele que saiu primeiro do castelo, na hora da troca da guarda, no vídeo do post anterior?

Beijus,

Ivana disse...

Já estava com saudades de ti!
Aaah, que maravilha! Comida da melhor qualidade, cidades lindas, gente interessante e amiga e maridão do lado! Mais estraga, né Bethinha?!
Beijos!

Lúcia Soares disse...

Oi, Beth. Que delícia de post! Quem me dera ser uma das próximas a ser "desvirtualizada" por você! Será um prazer enorme.
Gostei das fotos e de conhecer as pessoas através do seu olhar. Imagino quantas fotos lindas ainda serão postadas por você. É um privilégio poder fazer essas viagens, que bom que você "desencantou" e venceu o medo de avião. É o que me falta!
Beijo e boa viagem de volta. Mesmo voc~e postando, estou com saudades de tê-la mais pertinho...

Dani dutch disse...

OI Beth, tudo bem?
Nossa que delícia de passeio,e com direito a desvirtualização da blogsfera, espero que chegue meu dia também.
E acho que não tive sorte em escolher meu país em relação a comida, porque aqui, só por Deus.
bjuss e boa viagem

Heloísa disse...

Beth,
Que maravilha!
Não sei o que aconteceu que só hoje esse seu post apareceu para mim.
Três encontros diferentes, e todos carregados de tanta amizade.
Achei muito curioso o cardápio em Coimbra.
E a viagem a Portugal é mesmo uma delícia, não? Logo que der, pretendo repetir uma ótima que fiz há algum tempo.
Beijo.

Ana disse...

Que bom, Beth!
A internet aproxima as pessoas com afinidade...
Adorei teus posts sobre a viagem!

Beijooo!

Lucia Cintra disse...

Eu acho o maximo vc ter a oportunidade de conhecer esses blogueiros pelo mundo afora!!! Voce ate hoje foi minha primeira e unica! Tem mt gente querida nesse mundo virtual que um dia quero passar momentos tao gostosos como os que teve. Bjos

Vivi disse...

Realmente Beth, esses cantinhos sós e conhecem com os nativos...Estarei em PT novamente em Dezembro e sempre ficamos com a família do marido(ele é brasuca-portuga)Sempre vamos a lugares diferentes, fora desse eixo turístico :)
Amei seus encontros :)

todoyda disse...

Eu imagino como deve ter sido mágico. Também quero muito conhecer esta terra, de onde eu descendo particularmente, já que sou Fernandes do Amarante (Amarante que é reconhecida pelos vinhos verdes).
Temos uma ligação genética com este povo e conhecendo você e sabendo como é emotiva, tenho certeza que seus olhos verteram lágrimas de alegria.
Cristiane