.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Mudanças


E se as mulheres se permitissem acreditar na sua própria tristeza e mudar sua vida — mudanças que lhe dariam espaço e tempo para experimentar sua vida, sem pressas, a cada momento? Mudanças que lhe garantissem tempo e espaço para estar presente no seu próprio fogo sagrado e provar a água fresca que nasce na fonte de sua própria experiência…mudanças que lhe convidassem a pegar a estrada e partir, e simplesmente estar, por um momento, aqui e agora, presente em sua própria vida


Judith Duerk, escritora americana


Post dedicado à Aline e a qualquer outra mulher que se identificar com esta bonita reflexão.



7 comentários:

Georgia disse...

Obrigada, lindo mesmo.

Bjus

Lúcia Soares disse...

Às vezes é tudo que se quer, mas não pode ser feito. Estou esperando o momento propício. Bj

Elaine disse...

Olá!
Este é um comentário-convite.
Meu blog está completando neste mês um ano " no ar". Para celebrar a juntar gente interessante estou promovendo uma blogagem coletiva.
Ficarei feliz se você puder participar. Será um modo de divulgar seu espaço e conhecer outros blogs interessantes e que têm algo a dizer.
Conto por você.
O link para a inscrição é este:
http://elainegaspareto.blogspot.com/2009/08/convite-convocacao-pedido-promocao-ou.html
Elaine

Heloísa disse...

Beth,
Como seria bom se isso fosse uma regra.
Beijo.

Blog do Óbvio disse...

Bonita reflexão mesmo, Beth. Um carinhoso, mutante e paulista beijo.

Flávia Fayet disse...

Q saudade desse blog maravilhoso!!! Perdi tanta coisa enquanto estava off... Mas ja estou colocando td em dia! BEijosss

Mila Viegas disse...

Lindo!!!