.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Tô triste


Voar para mim é um misto de beleza e medo. Não nego, tenho medo sim! Já voei várias vezes, mas sempre meio sonada, para não sentir o impacto que é para mim a subida e descida do avião.
Ainda acho que passarinho é que foi feito pra voar, mas do jeito que vemos as estradas no país mal cuidadas e perigosas e a vontade e facilidade que temos hoje em dia para conhecer novos países, lugares distantes e por preços acessíveis, cada vez mais o avião tornou-se o melhor meio de transporte.

O acidente de ontem com o avião da Air France e que transformou o dia de hoje em tristeza, mexeu demais comigo, principalmente porque terei que enfrentar alguns vôos na semana que vem e também por ver o sofrimento das famílias dos desaparecidos. Entre eles, um me tocou profundamente, por ser jovem, quase da idade de meu filho e que estudou no mesmo colégio em que meu filho estudou na sua infância lá em Petrópolis. Falo do príncipe Pedro Luis de Orleans e Bragança, de 26 anos, quarto na linha sucessória do trono e membro da família imperial brasileira. Ele era mais velho que meu filho dois anos, mas por várias vezes o vi na escolinha do primário, pois além de bonito e simpático, trazia consigo o peso da ligação famosa de seus antepassados.

Ainda tenho esperanças de encontrarem muitos sobreviventes e estou torcendo para isso.
Não somos nada diante da grandeza de Deus e do universo!

14 comentários:

gabriela disse...

Olá amiga
Também estou triste com esta tragédia,eles aperceberam-se da avaria alguns mandaram sms ás familias deve ter sido um horror.Eu também tenho muito medo, a minha ffilha faz sempre férias fora já foi 2 vezes ao Brasil, ao México, a Cuba, e este ano vai para a Jamaica, eu fico sempre com tanto medo que aconteça alguma coisa, ao vermos estas tragédias ainda ficamos pior.
Beijinhos e boa semana

Heloísa disse...

Beth,
Acho que não existe quem não se comova com essas tragédias. Mas o sofrimento dos familiares é algo que não tem tamanho.
Também tenho essa pontinha de receio com as viagens aéreas. Mas, por outro lado, acho que são as mais seguras. É que, quando ocorre um acidente, o número é muito chocante.

Recebi seu recado e fiquei contente. Vamos combinar: heloisaservulo@gmail.com

Beijos.

Wilma disse...

Beth, que tristeza mesmo para as famílias das vítimas, esse rapaz com toda uma vida pela frente, e tantas outras que foram com tantos planos e tudo se acabar num segundo!! Como entender? euheim.

Sonia H. disse...

Beth,
Nem me fale. Hoje eu não consegui pensar em outra coisa a não ser neste acidente...
Sabe, sempre gostei de andar de avião e já passei por turbulências horríveis, já viajei com tempestade de neve, temporal, mas graças a Deus, naqueles momentos, nunca pensei que não fosse sobreviver. Sempre achei tudo natural... Mas hoje senti um forte medo.
Este foi o mesmo que eu fiz em Janeiro para Amsterdam com conexão em Paris.
Li sobre um casal de Niterói que casou no sábado, uma linda festa e aí no domingo viajaram para lua de mel.
Fico pensando em cada família.
Estou muito triste também.

Mila Viegas disse...

Há coisas que estão além do nosso entendimento... me comove fatalidades assim! Agora, é aguardar novas informações.
beijos

Marilac disse...

Beth,
Eu também estou muito triste, uma tragédia dessas mexe com todos nós.
Só Deus mesmo para dar forças a todos os amigos e familiares das vitimas, num momento assim ficamos todos conscientes de como a vida é frágil.
Acabei de ver nos jornais algumas fotografias dos brasileiros que estavam no voo 447, vi o jovem príncipe Pedro Luis de Orleans e Bragança,tão belo tão novo , com tanto ainda para viver.
Sabe Beth, eu também ainda tenho esperança de que de algum modo encontrem ainda sobreviventes.
Concordo com vc não somos nada diante da grandeza de Deus !!!

Meu irmão e minha cunhada viajam muito a trabalho, no proximo mês ele viaja para Paris.Imagine como fica o nosso coração com essas noticias.

Bjs
Marilac

aminhapele disse...

A tristeza é para todos nós,pessoas.
Felizmente,aquele tipo de acidente é raro.
A questão que coloquei,e vejo confirmada em todos os comentários,é a mesma:Porque é que os cérebros brasileiros,altamente qualificados,têm que obter uma dupla nacionalidade,saír do seu país,contravontade,andar em voos transcontinentais longos e caríssimos,e não são aproveitados no seu próprio país?!
O Brasil é um dos integrantes do BRIC!!!
A maior potência mundial da economia(Brasil,Rússia,Índia,China).
Devia estar em tempo de importar cérebros e não enviá-los para o "calvário" global.
Um abraço.

Pri Guti disse...

Fou de amargar mesmo esta notícia e espero que como toda grande catástrofe, sirva para ajudar na melhoria do sistema de monitoramento e tecnologia das aeronaves.
Boa viagem a você e fique tranquila pois cada qual tem a sua hora.
Um grande abraço!

Flávia Fayet disse...

Mto triste né Beth?! Que Deus conforte o coração de todas essas famílias... Andei falando em ti lá no DESABAFO, no meu último post, espiou? Beijosss, fica com Deus!

Daniele disse...

OI Beth, nossa quando vi a notícia ontem de manhã também fiquei chocada.
Peço para que Deus nos console, porque num momento como este, é dificil não pensar neste acidente. Também estou torcendo por sobreviventes.
Bjusss

Meire disse...

Ontem passei o dia em tristeza profunda. Tentava imaginar o que sentiram estas pessoas.

Bjs

Meire

Georgia disse...

Pois é amiga, esses dias nem liguei o PC e nem a TV, e hoje deparo com essa notícia, triste mesmo.

Bjus

ML disse...

Quem consegue não ficar triste com esse acidente, Beth?
Eu conhecia ninguém, mas mesmo assim penso na família de quem embarcou.
Penso no desespero dos passageiros, caramba, que barra!

bjnhs

Lucia Cintra disse...

Pois eh, muito triste. Esse acidente por alguma razao me abalou mais do que qq outro de aviao que ja ouvi falar. Espero que consigam descobrir a razao dessa tragedia, muito triste mesmo! bjos