.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Dia de andanças pela cidade

O dia amanheceu super frio em New York, mas turista encara qualquer coisa e lá fomos nós ver o tanto que esta cidade tem para mostrar. O melhor caminho é usar o metrô, pois os city tours naqueles ônibus de dois andares, descobrimos que era uma fria maior que a temperatura, já que rodam em meio ao trânsito tumultuado da downtown e o pessoal que vai na parte de cima, aberta, ficam congelados. Assim me disse um turista brasileiro, mineiro que estava num desses há mais de 3 horas com um guia falando inglês bem enrolado o tempo inteiro e eles lá, bem geladinhos.

Mas, não pensem que se tira de letra andar num metrô cheio de linhas e com três andares e cheio de gente. Precisa-se de um bom mapa e o que arrumamos no hotel não era legal, mas sabe como é brasileiro, tem sempre algum do lado da gente que ouve o que se fala e participa, como foi o caso de uma brasileira que ouviu nosso comentário sentada ao nosso lado e na mesma hora virou amiga de longa data , nos dando um mapa ótimo e orientando-nos rapidinho sobre como usar os trens nas várias direções. E, por coincidência, era uma carioca de Niterói, morando aqui há quatro anos. Gente boa a Mariane!

Primeiramente, descemos em uma estação no Upper West que nos permitiu olhar à esquerda, poucas ruas abaixo o rio Hudson e alguma ruas acima, já estávamos no Central Park. A temperatura era em torno de 8 graus e a neve, sim, a neve começou a dar um ar da graça. Não durou muito, mas foi um momento mágico, principalmente porque encaminhei-me para a frente do edifício do meu ídolo querido, John Lennon e logo depois para uma área dentro do Central Park, chamada Strawberry Fields onde as pessoas deixam sempre algumas flores em sua homenagem e param para fotos.
Confesso que fiquei emocionada ali, diante da palavra que ficou para a eternidade - Imagine.

O Central Park, mesmo ainda com poucas flores e com suas árvores peladas pelo inverno passado, mostrou-se lindo, com pessoas caminhando, ciclistas, pessoas carregando seus cachorrinhos, esquilinhos prá lá e prá cá, crianças brincando mesmo na baixa temperatura e tudo lindo à nossa volta. É uma beleza de parque e felizes aquelas pessoas que teem o privilégio de morar ali à sua volta.

Paradinha para um almoço quente com uma sopa de gorgonzola e gostosos pães e fomos nós ver de longe a Estátua da Liberdade, mas não deu para fazer o passeio de barco, devido às más condições do tempo.

Resolvemos subir no mais alto edifício e mais famoso - Empire States - turistas que não acabavam mais e filas quilométricas, mas encaramos e de lá de cima, visualizando a grandiosidade da cidade, esquecemos toda a chatice de ficar na fila para subir ao 86o. andar e ver tudo, incrivelmente lindo e com um sol querendo sair no final da tarde.

Mas, quem deu as caras logo em seguida foi a lua e cheia entre os arranha-céus desta incrível cidade, onde compras e cultura misturam-se, como é o caso da Rede Macys que estava hoje com a loja principal da 5a. Avenida, toda enfeitada com flores naturais em sua vitrine e dentro da loja. Não resisti e cliquei, estava demais de linda.

No retorno, pegamos mais uma vez o metrô para mais duas estações até chegarmos ao nosso hotel, mas uma cena inusitada nos chamou a atenção - um senhor bem velhinho, professor de música, tocando num dos corredores do metrô e com um bonequinhos bizarros em cima de seu teclado.

Incrível esta cidade!
























18 comentários:

Lu Olhosde Mar disse...

que delicia voltar a NY com vc... acho q se fizessemos esta viagem juntas iamos curtir as mesmas coisas..tenho fotos identicas as suas!! rssss agora ano entendi... 8 graus?? em abril??? eu peguei essa temp em inicio e fevereiro ano passado... e sim, uma nevinha liiiiinda q faz tudo parecer mágica. lindooo. ai, vu voltar aí, e ano demora. pode escrever. beijo!!

Luciana Håland disse...

Beth, que coincidência maravilhosa encontrar essa conterranea e ainda receber dicas. As pessoas quando moram fora realmente tem essa vontade de manter contato com um conterraneo, falar nosso bom português, enfim, dessa forma matamos um pouco a saudade.
Pena que o tempo não contribuiu pra vocês visitarem a Estátua da Liberdade.
Estou adorando as fotos.
Beijos

Cristiane A. Fetter disse...

Menina, você veio do Rio e já conseguiu visitar a Macys, eu moro aqui do lado e ainda não fui, rs.
Deve ter sido um dia muito legal mesmo, apesar do frio.
bjks

Renata disse...

Web-mae?
Em que hotel vc estah?
hoje aqui tambem amanheceu super frio... nevou por um minuto ontem!!! kkkkk
imagine... em meados de abril...
beijos!!
boas andancas!

Kálita disse...

Ai Beth, estou adorando as fotos e os relatos.Tudo com tanta fineza e detalhismo, e com um toque poético.To me sentindo dentro dessa viagem.As fotos estão incriveis.Engraçado que quando postou que ia viajar, logo pensei:oba! logo vem fotos lindas e relatos saborosos hehe

Quem bom conhecer um cantinho do nosso querido planeta através de seu blog.
Beijos

Ana disse...

Tudo tão bonito, Beth!!

Me deu vontade de por um tênis e fazer turismo aqui, na minha cidade! Heheheh!

Grande beijo!!

Lucia Cintra disse...

Web-mae, os metros dai sao facinhos depois que vc se acostuma com eles. Tem sempre um mapa no dentro de cada metro e tb na estacao e vc sabendo onde quer ir, pode segui-los dessa maneira.

E ai? Esta gostando do frio? Haha. Ta vendo pq nao vejo a hora de me mudar pro sul do pais?

Estou amando ler sobre sua viagem e ver suas fotos, NY eh uma cidade linda mesmo!

Bjos, Lu

Marco disse...

Vim conhecer o seu blog e me surpreendi com as fotos de Nova Iorque. Embora goste de São Paulo, juro que eu não consigo me imaginar nessa cidade.

acqua disse...

Bom dia...
Adorei as fotos e que coisa, já tinha ouvido falar que estava muito frio em boa parte dos Estados Unidos. Viva o clima, viva os homens. Aff
Beijos daqui

rocosta disse...

Nossa!!! Que frio!!!! Mas é linda mesmo.
Beijão

BarbieGirl disse...

Nossaaa que delícia, tô curtindo e relembrando com vc a minha viagem... qnd subi no Empire State e tb fui nos dois irmãos, tinha meus 12 anos e fiquei impressionada com os gorilas daquele filme expostos lá, ainda tem eles???
Na época para subir até o último andar era mais de um elevador ainda é assim???

Muitooo bommm Beth!!
beijos

ML disse...

Menina, vc é um gia turístico.
Devia escrever um livro, já repeti isso muitas vezes, né?
Nossa, fiquei emocionada: vc não imagina como eu ADORO NYC!
É um lugar que vale a pena voltar sempre: não cansa.
Divirta-se neste final de semana.
Boa Páscoa!

bjnhs

Laura disse...

Eu amo NY! Suas fotos sao lindas. Divirta-se

Isabella disse...

que lindas fotos, Beth! Tem tanto tempo que não vou a NY...

bjs e faltam poucos dias pra Páscoa : )

anny-linhaozzy disse...

Beth:
Que maravilha!
Conhecer NY através de suas fotos. Lindas, maravilhosas.
Uma boa Páscoa!
Beijos.
Anny

Amara Ribeiro disse...

Hehehehe, strawberry fields forever!!!
Lindas as fotos!
Bjokas

Wilma disse...

Beth!! estou viajando na sua viagem, hahahaha Nova York continua arrasando!!! brasileiro sempre solícito, e bom que sempre tem um em qualquer parte do planeta perto da gente.

Georgia disse...

Beeeeeeeeeeth, tô fucando tudo por aqui, hahahahahah!!!

Bjus