.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

sábado, 14 de março de 2009

Tô malsssss!


A moça passou por mim e cumprimentou-me efusivamente.
- Oi, Beth, tudo bem, tá sumida, heim!
Eu olhei prá ela, retribui o sorriso e disse-lhe que estava tudo ótimo e que ia aparecer.
Lá dentro só pensava assim: Quem é ela mesmo? Meu Deus, qual o nome dela, conheço-a de onde? Ela se parece com a Fátima Bernardes do telejornal, mas não é ela, o marido que estava de mãos dadas com ela não era o William Bonner e ademais a Fátima Bernardes não sabe que eu sou a Beth, somente eu sei quem ela é há mais de 15 anos vendo-a na tv.
Caramba! Quem é ela? Claro que a conheço, mas quem é ela?
Passaram-se as horas, mas meu cérebro continuava vasculhando a 'imensa planície' da minha memória enquanto fiz várias outras coisas.

No meio da noite, vendo tv, o telejornal mais uma vez, como uma lâmpada que acendeu-se no meio da escuridão, veio o nome - Simone - era ela, a moça simpática e bonita que sempre me atendeu na ótica que renovo meus óculos de grau de vez em quando.

Definitivamente, depois das férias, vou procurar um Geriatra!



10 comentários:

Heloisa disse...

É minha amiga, o tempo passa....rsrsr
Brincadeirinha, tá ?!
Aliás, a Simone é casada com o sobrinho da Ilza.
bjssss

Laura disse...

Ah Beth, isso so num acontece comigo pq ninguem sabe que eu sou.... mas quando eu morava ai... vivia passando por isso!
Beijoss

Luciana Håland disse...

Nossa!!! Essas falhas de memória são péssimas, deixa a gente numa saia justa e sem falar que ficamos pensando por horas sobre aquilo, vasculhando cada canto do cérebro até acharmos a resposta.
Que bom que você lembrou.
Bj

Anny disse...

Beth:
Sabe é mesmo preciso estar atenta a estes detalhes.
De repente ficamos mais devagar? O que é isto? Coloque aqui o resultado da consulta. Hehe!
Pode ajudar as mais desprevenidas.Certo?
Beijos,
Anny.

aminhapele disse...

Eh!Eh!Eh!

Sonia H. disse...

Beth, muito engraçado.
Mas saiba que isso acontece com muita gente, inclusive comigo. :-)
É a correria do dia-a-dia, menina!
Beijocas e um ótimo domingo!

Lucia Cintra disse...

Ai, isso ja aconteceu comigo. O pior eh que a gente fica morrendo de vergonha de nao lembrar qdo a outra pessoa parece saber tudo sobre vc. Bjos

mônica lidizzia disse...

Eu tb sou péssima fisionomista - e nome então, é uma dificuldade pra eu guardar.

Vivo pagando uns "micos" por aí.

Pior do que não reconhecer, é cumprimentar com a maior intimidade quem nem conhecia - que ... mico!

bjnhs

Ana disse...

É uma situação absolutamente constrangedora, mas não tem nada a ver com a idade!!
Acontece com todo mundo, ninguém escapa!!
O L.F.Veríssimo tem uma crônica ótima sobre isso, se achar mando pra vc!
Beijo!!

Georgia disse...

kakakakakkakaka, nao perca seu tempo, nao somos obrigados a lembrar de tudo, nao é mesmos?

Bjus