.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Perdida no tempo e no espaço....eu



Gente, eu sou uma perdida! E por esta razão não ando por onde nunca andei e nem gosto de arriscar. Sempre me lembro um dia em que fiquei literalmente 'entalada' numa rua de ladeira que só dava para subir e não tinha jeito de manobrar. O jeito foi aceitar a ajuda de uns caras meio bêbados na porta de um bar. Bem feito! Quem mandou eu enfiar o nariz onde não conhecia!

Mas às vezes a vida muda o rumo da gente e temos que encarar o desconhecido.
E foi assim que eu entrei numa ruazinha, me enrolei e não sabia mais voltar para aquele lugar que eu queria e que já considerava minha "zona de conforto".

Entretanto, as pessoas que pedi informações foram super-mega atenciosas e precisas. Senti-me muito sortuda e feliz em perceber que nem tudo está perdido neste mundo, ou melhor, eu não estava mais! Sendo assim, pra que GPS?!





13 comentários:

Lucia Cintra disse...

Ja ia falar, voce precisa de um GPS. Aonde foi que se meteu? Foi em Niteroi? Eu posso ate saber, sera? Conhecia Niteroi como a palma da minha mao. rsrsrs

bjos

Luciana Håland disse...

Então somos duas, me perco até denttro de shopping, simplesmente ando e não presto atencão ao caminho e sim as coisas que tem pelo caminho. Meu marido já disse que o jeito é um GPS.
Mas muitas vezes a gente se perde e descobre coisas bem interessantes que a gente não teria conhecido se tivéssemos seguidos o caminho pre-estabelecido.
Então é bom ser perdida.
Beijo
Bom final de semana

Laura disse...

Adorei a foto!!
e rolei de rir de vc ter aceitado a ajuda dos bebuns!!!
Eu sou desse jeito, qdo me perco so acho as bombas pra me ajudar! Em compensaçao meu marido parece que tem um gps na cabeça.
Beijos!!

Renata disse...

ah nao sei nao....
eu nao vivo sem o meu GPS....
:) ele esta sempre ligado, nem que seja pra ficar mostrando as ruinhas que eu estou andando...
Beijinhos.r

Beth/Lilás disse...

Meninas!
Eu me perco facilmente, sou que nem a Luciana, "ando e não presto atenção ao caminho e sim as coisas que tem nele".
Lucinha, foi aqui perto de casa, tentando ir numa clínica que já tinha ido para levar a norinha que teve um la estar. Quando retornei para pegá-la, já não sabia mais o caminho direito e me enfiei numas ruas erradas, tudo isso aqui perto em S.Rosa. Sou uma anta neste aspecto!

Agora, GPS no Brasil varonil é uma fria! Vocês não souberam o que aconteceu com dois turistas que foram prá Buzios e na volta, confiando no GPS apenas, entraram numa ruela que dava para uma das inúmeras favelas que hoje em dia é a cara do Rio. O GPS indicou certo, por aquele caminho cortariam caminho, mas era entrada da boca da favela e aqui, minhas queridas, "eles" podem entrar e circular nos nossos bairros, mas se vc "tentar" entrar no deles sem permissão ou identificação é recebido a tiros. Foi o que aconteceu com estes pobres homens, metralharam o carro deles e eles morreram na hora.

Quero GPS, não! tsc tsc

bjs a todas

................................................................................

Georgia disse...

Eu me perco mesmo usando a navegacao, rs.

Nem tudo está perdido, está vendo?

Um abraco

Lucia Cintra disse...

Que eh isso Beth!!! Coitado dos turistas, nao sabia dessa historia. Mas que coisa, como eh que as pessoas deixam isso acontecer? O brasil esta precisando de uma boa revolucao, cada dia escuto mais absurdos como esse.

Flávia e Kbça disse...

oi. pelas minhas andanças chego a mais um blog legal.

então. essa estória de se perder é bem legal. e eu sou mestre nisso. pra mim todas as ruas são iguais. principalmente em niterói, terra da patroa! nossa quando ela morava lá. todo final de semana me perdia!!arrgh.

sobre o gps, é isso aí, infelizmente os mapas não são atualizados, então aquilo que no gps é rua, na prática não é!!

um abraço.

Kenia Mello disse...

Eu também sou uma criatura completamente perdida! Não sei como sobrevivi ilesa até hoje. Hehehe
Beijos.

Ana Paula Soldi disse...

Eu me perco muito quando vou de "visita" minha casa no Brasil, nao sei porque se já esqueci ou que, mais é difícil lembrar bem os caminhos, as ruas que sao mao, é diferente dirigir lá, deve ser porque aprendi aqui.
mais sempre tem alguma ajudinha.
beijos

Renata Lopes Costa disse...

A dor ensina a gemer..hehe!!
Sabe que antes de me mudar de cidade, eu pouco prestava atenção nesse tipo de coisa, mas agora se não tentar gravar as principais ruas pelo menos...estou literalmente perdida!!

E quanto aos bebuns...sempre aparece essas criaturas nestas horas, me diverti contigo!!

RoCosta disse...

Beth nem te conto hehehe sou assim também hehehe... qualquer dia vou cometar isso lá no blog.
abraço, Lilás.

aminhapele disse...

As coisas interessantes,porque novas para nós,estão fora dos nossos percursos habituais.
Vale a pena arriscar.
Confio mais num bêbedo que num GPS...