.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Por esta eu não esperava!

Fazendo uma pesquisa sobre cães mais ferozes do mundo, surpreendi-me com isto:

Cão salsicha é o mais feroz do mundo


Difícil aceitar, mas está aqui no Yahoo.

Confira as dez raças mais ferozes:

1. Dachshund
2. Chihuahua
3. Jack Russell terrier
4. Akita
5. Pastor australiano
6. Pit bull
7. Beagle
8. Springer spaniel inglês
9. Border collie
10. Pastor alemão

Agora vejam que tamanho não é documento mesmo, pois até o chihuahua está em 2o. lugar e o Akita que é a minha cadela Emmy, grandona, pesando mais de 55quilos em 4o. lugar.

Vivendo e aprendendo!



6 comentários:

Lucia Cintra Stevenson disse...

Pior e' que eu ja sabia disso de tanto que Al falava e eu nao acreditava. Ate que fui pesquisar a respeito e conheci dois pessoalmente bem "mean" mesmo.

E so de pensar que qdo era pequena sempre quis um desses. Bjos

Lucia Cintra Stevenson disse...

Ah, esqueci de contar: Al trabalhou numa cidade pequena onde eles tinham uma gangue de chiuauhas aterrorizando as pessoas pela rua.

Andavam uns 5 juntos como se o territorio fosse so deles e as pessoas tinham que sair da frente senao eles iam correndo atras.

Eu adorava as estorias e sempre caia de rir com cada uma. Mole? Essas pestinhas pequenas serem tao atrevidas? Rsrs bjos

Lilás/Beth disse...

Lucinha!
Quê isso! Uma gangue de chiuahua!
hahaha
Não consigo visualizar isso!
Boa essa, heim!

...................................

Lucia Cintra Stevenson disse...

Beth, nao e' de chorar de rir? Eu tb daria de tudo pra ver, morro de rir ate hoje qdo imagino eles andando por la e as estorias entao... Al contando e' mt engracado.

Mônica disse...

Tamanho não é documento mesmo, mas acho que os donos (ou pais e mães, como prefiro)dessas criaturinhas são os maiores responsáveis por "estragar" suas "crianças.
Minha filhota, uma vira-lata baixinha, tinha alma de "pit bull" - apenas quando estava ao meu lado.
E outro dia conheci um "pit bom" - muito fofo.
Amei sua página - vou voltar sempre!
Parabéns,
bjnhs

Wilma disse...

Nunca pensei que o Rottweiler estaria fora desta lista, que bom, mas na prática não é bem assim não. A diferença está em um latido de um Beagle e outro de um Pit mau ou Pastor alemão. Cão pequeno violento é fácil se esquivar, agora um Pit ou Rott é difícil. E não é só a criação a culpada mas, sim, os cruzamentos mal selecionados. Mas gostei de saber.