.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

O Stradivarius de Bergman

Ontem fui à médica dermatologista, depois de esperar quase um mês pela consulta, pois está cada dia mais difícil marcar um médico pelo convênio. Mas, tudo bem, a consulta valeu a pena, afinal as pintinhas vermelhas que me aparecem e que eu estava meio preocupada, não são nada demais a não ser o que ela me disse com muita gentileza que se tratavam de Nevus Rubi - pequenos pontos vermelhos na pele, de causa genética. Ocorre mais após 30 anos de idade, portanto muito natural eu já os possuir. É só eu usar os remédios que ela me receitou e evitar exposição solar, coisa que já faço, pois detesto ficar ao sol por muito tempo.

Hoje em dia temos muitos recursos para evitarmos problemas futuros, desde que façamos a prevenção necessária. E, nós, mulheres estamos bem mais antenadas do que os homens, principalmente com relação à pele, embora meu marido tenha ido também se consultar com ela a meu pedido.

Envelhecer, mas com dignidade e cuidados.



E aí, que eu estava lendo ainda há pouco sobre a, ainda tão linda, mesmo do alto de seus 60 e poucos anos, Liv Ullmann a atriz norueguesa e musa do cineasta sueco Ingmar Bergman.
Ela está no Brasil participando de uma mostra em sua homenagem na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, que exibirá seus principais filmes como atriz e diretora.

Numa entrevista à mídia brasileira, emocionou-se ao lembrar, com carinho de Bergman que a chamava "meu stradivarius" e que sabia de sua importância como atriz para os seus filmes.
Os dois viveram juntos por cinco anos e fizeram onze filmes. Eu tive o privilégio de assistir alguns.


Mas o que chamou-me a atenção na entrevista, foi um fato meio cômico entre os dois.
Liv conta que enquanto filmavam o filme Sarabanda, Bergman a queria nua em uma cena e, como ela acreditava que era para ver se seu corpo ainda era bonito depois dos 60, não aceitou. Os dois discutiram e ela, assustada, saiu correndo dele, que foi atrás por todo o estúdio, mesmo com seus 85 anos. Quando perceberam o ridículo da situação, riram, mas envergonhados, fingiram que a briga foi maior do que aconteceu.

Deve ser muito difícil para as estrelas assimilarem as mudanças que a idade vai trazendo!
E eu que nem sou estrela, estou aqui me preocupando com as minhas pintinhas vermelhas! Mas acontece que eu sou o stradivarius do meu marido e ele o meu. Sabemos o quanto um é valioso para o outro, por isso nos cuidamos.

Embora eu também perceba que Liv Ullmann não é dessas deslumbradas que vivem se esticando, retardando o tempo e encolhendo a alma. Não, pelo contrário. Vejo-a muito linda com suas rugas e marcas do tempo, olhando direto para a câmera sem subterfúgios e medo, viajando e contando sua história.


O velhinho é que estava querendo ver demais, oras! Assanhado, ele! rss

Foto: Gabriel Oliveira

E, falando de tempo, da vida e de amor, lembrei-me dessa música que adoro desde sempre:





(fonte: http://www.guiadasemana.com.br/noticias.asp?/CINEMA/BRASILIA/&a=1&ID=11&cd_news=44448&cd_city=38)


9 comentários:

isa disse...

que lindo!
adorei teu texto!
beijos!

As aventuras de uma brasileira no Egito disse...

Haha....to na areaaaaaaaaaa....

Cheguei e agora vou aos comentarios....

Vc sabia que tbem tenho essas pintinhas?

Minha avo materna era cheia, minha mae tem tbem e eu claro.....hehehehhe

Minha mae e avos tem sangue indigena, elas sao mais morenas que eu, puxei a familia do meu pai, mas as pintinhas da familia da minha mae....hehehehhe......duas indiazinhas dos cabelos pretos e lisos.....kkkk

A musica eh linda.....enquanto comia um pouquinho, fiquei ouvindo....

E o texto esta otemo....

Agora vou ler os outros textos....

Beijos e fiquem com Deus

Barbrinha

Ana disse...

Eu li, há muitos anos,"Mutações", escrito por ela!
Fez diferença na minha vida!
Vou achar e dar para minha filha ler!

Ela está linda!

Mônica disse...

Essa é a essência que as mulheres precisam: cuidarem-se, até botocarem-se, e mais o que quiserem.
Porém sem perder o auto-respeito por si (o que inclui o tempo) jamais.
bjnhs

marta bellini disse...

Nossa, como a Liv Ulmann está linda!
Ela tem uma dignidade.

Também estou indo á dermatologista. 53 anos ...preciso de mais cuidados.

abração beth!!!!
Marta Bellini

Susi, a Filha do Rei disse...

Sou morena, as pintinhas mudam de cor, elas vão do marron claro ao marron escuro kkkk....Então nada de sol! Em pensar que amo praia!Prazer em conhecê-la!

aminhapele disse...

Quase uma cusquice:gosto sempre da Elis.
Também tenho o meu stradivarius e,confesso,não o trato sempre da melhor maneira.
Arrependo-me,mas a burrice já está feita...
O mal completo,total,irreparável,é não termos o nosso stradivarius.

JAMES PIZARRO disse...

Com pintinhas ou sem pintinhas...com 18 ou com 70 anos...solitário ou acompanhado...baixo ou alto...magro ou gordo...o que conta mesmo é a disposição de viver, é o bom humor, é a garra para viver intensamente cada 24 horas, é valorizar como dádiva cada dia que se acorda e se sente vivo, pulsante, energizado.
Conheço idosos de alegres jovens incendiários de 80 anos..e também conheço melancólicos velhos bombeiros de 18 anos.
O temperamento é que conta.
***Gosto muito do teu blog.
Beijo

James Pizarro

Georgia disse...

Beth, é que vc é bem clarinha. Tenho uma amiga brasileira aqui, lourinha como vc pele bem barnquinha e ela tem esses vermelhos na pele. Ela se cuida bem, mas sao irritantes como ela diz.

Grande beijo