.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

domingo, 12 de outubro de 2008

Cara de pau e óleo de peroba


Veja só pessoal, o que vou aqui comentar acontece em todas as partes deste mundo onde a política e os homens se entrelaçam para garantir o poder com a ambição de interesses próprios.

Articulações, conchavos e alianças, acontecem com um simples deputado da Birmânia, qualquer pequeno país e em até nos acordos político-partidários de uma potente União Européia, onde são assistidas mudanças súbitas de posicionamentos pessoais em prol de uma almejada vitória nas urnas em épocas de eleições.

E tudo feito com a maior cara-de-pau, muito óleo de peroba, como se todos os eleitores ou a opinião pública fosse desprovida de pensamento e avaliação.


E foi isto que se viu neste final de semana, quando o deputado Eduardo Paes, atual candidato no 2o. turno à Prefeitura do Rio, abrindo sua "caixa de desespero", mandou uma carta à dona Marisa e foi pessoalmente à cidade de São Paulo pedir desculpas ao presidente Lula, por suas acusações na época do mensalão, a ele e seu filho, decorrentes de supostas vantagens financeiras, mal explicadas e abafadas, junto ao Grupo Telemar de telefonia.

Naquela ocasião Eduardo Paes era um feroz acusador e hoje, mais parece um gatinho manso, pedindo por favor para ter uma foto ao lado de Lula, a fim de fortalecer sua imagem junto ao eleitorado da cidade do Rio de Janeiro. A primeira página do jornal O Globo deste sábado mostra ele com Lula e Sérgio Cabral, unindo suas mãos.

Tá legal, fazer política é uma ciência, onde você tem que flexibilizar, tolerar, conversar ao pé do ouvido, fazer muita costura entre líderes, agradar e blá, blá, blá...

Agora, vender suas convicções, sua alma... aí já é demais, não é mesmo!

E o pior é que o "povão" nem vai perceber isso!

8 comentários:

Lúcia Soares disse...

Você falou certo, Lilás. Criticamos muito os nossos políticos, mas no mundo todo eles são iguais. Mas não podemos generalizar, devem existir os bons políticos, claro! (Onde? rsrsrsrs).No entanto, o que é pior, atualmente no Brasil, é a conivência. Se aceitamos, somos coniventes. (Não existe o dito "Cada povo tem o governo que merece"?) E o jornalismo também não cumpre seu papel. Cadê as denúncias? Cadê a coragem de escrever? Ainda criticam Diogo Mainardi,que é o único que metralha. Não concordo com tudo que ele escreve nem com sua "perseguição" ao governo Lula, mas ele é um dos poucos que ainda consegue tentar abrir os olhos da população. Radicalismos à parte.

Daniel Lucas disse...

Concordo mãe
esse Eduardo Paes é um mané mesmo
Vai Gabeira!

Ana disse...

Dá um desencanto, uma desesperança...

Lucia Cintra Stevenson disse...

Claro que ele faria isso, eles fazem qq coisa pra conseguirem o que querem e nao tem um pingo de integridade e carater. E' o que chamam aqui de "kiss ass". Bjos

Mônica disse...

A melhor descrição é a do Daniel: eta cambada de manés!

Uma Brasileira nas Arábias disse...

Vc viu o debate na Band ontem? Lamentável... Este Paes é um cara-de-pau mesmo, só com muito óleo de peroba... Bjs. Paty

Sonia H. disse...

Perfeito, Beth,

O Eduardo Paes já vendeu a alma há muito tempo. Troca de partido como quem troca de roupa.

O Rio é de Gabeira, Gabeira!!!
Beijos,

As aventuras de uma brasileira no Egito disse...

Infelizmente, as coisas que vejo aqui, sao copias dai.....soh mudam as figurinhas......

Beijos e fiquem com Deus

Barbrinha