.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Bye bye principezinho!


Voltando agora há pouco da ginástica, reparei que o caminhão grande que estava estacionado frente ao meu prédio já se foi. Nele vão todos os móveis e objetos de uma família que eu conheci pouco, pois só vejo o mais novinho dela, ou seja, o neném chamado Murilo e que está sempre com a sua querida babá nos finais de tarde, brincando lá no pátio, acho que à espera da mãe ou do pai que chega do trabalho.

Desde que vim morar aqui, paro sempre e brinco com ele, converso com a babá e nesse período já o vi aprender a andar, ir prá escolinha, correr de velocípede e às vezes, me perco olhando para aquela figurinha de cabelos loirinhos e encaracolados que na semana passada, surpreendeu-me falando frases inteiras, como por exemplo: Eu vi o caminhão betoneiLa!

Que pena! Não vou mais ver o neném Murilo, pois ele foi morar num condomínio de casas num bairro longe daqui, o que achei ótimo para ele, pois vai poder correr à vontade e brincar muito.

Aí, lembrei-me do Pequeno Príncipe, por que ele era bem parecidinho com ele. Tem cabelos loiros encaracolados e um narizinho arrebitado que faz parecer que já entende muito das coisas.

Como é bonita a estória desse livrinho que todos nós já lemos na vida! Lembram do amor que ele tinha pela rosa e a redoma de vidro para protegê-la?

Pois é, fiquei meio assim com uma saudade já instalada no peito por não ver mais o lindo garotinho!

Por isso, em homenagem a este principezinho tão singelo e tenro que me fez relembrar a importância de cativar e ser "cativada", deixo aqui um pedacinho de Éxupery:

"Eis aí um mistério bem grande. Para vocês, que amam também o principezinho, como para mim, todo o universo muda de sentido, se num lugar, que não sabemos onde, um carneiro, que não conhecemos, comeu ou não uma rosa... Olhem o céu. Perguntem: Terá ou não terá o carneiro comido a flor? E verão como tudo fica diferente...
E nenhuma pessoa grande jamais compreenderá que isso tenha tanta importância". [Antoine de Saint Exupéry]






12 comentários:

As aventuras de uma brasileira no Egito disse...

Esse Pequeno deveria ser uma gracinha......

Eu amo criancas....tbem sentiria saudades dele......

Beijos e fiquem com Deus

Barbrinha

Teresa Soares disse...

Ola amiga lilás
Eu sei o que é essa saudade. Eu tomo conta de bebes a partir dos 3 meses até aos 2 anos, a gente vria tanto amor a estas criancinhas que quando se vão embora a gente sente um enorme vazio. Tenho no quarto desles uma serrie de fotos dese que chegam até que se vão embora. Por isso sei o que a amiga sente. Beijinho e Bom fim de semana... Amnhã a festa do marido ufa,, depois já fico com mais tempo.

Lúcia Soares disse...

Já li e reli O Pequeno Principe não sei quantas vezes.E me emociono sempre com sua singeleza e verdades. Adoro a frase "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas". (mais ou menos assim) e "Se vens às 4 (horas) desde a 3 estarei a esperar"...Não é lindo?

aminhapele disse...

Estou de passagem.
Só para dizer "Olá!" e deixar um abraço.

PAULA PEREIRA disse...

Olá amiga
passei para desejar um
bom fim de semana.

Paula

Renata disse...

Au amo O Pequeno Principe...
Me fez chorar sempre ao le-lo...
O filme tambem eh bem emocionante... Choro tambem...
Sou memso uma chorona...
:)
Beijinhos

Ana disse...

Que amor, Beth...

Vc trouxe o encantamento do Pequeno Príncipe para a vida real... Misturou os sentimentos de uma forma tão bonita...

RoCosta disse...

Humn... amei o livro e o filme também!
Forte abraço, Lilás.

P.s.: Agora aquele franguinho, hein?!! heheheh

Renata Lopes Costa disse...

É engraçado Beth como nos sensibilizamos com estas coisas, mulher se apega facilmente e cria laços que jamais serão esquecidos!

Bom será o dia que reveres este príncipe transformado em um homem!!

Bjão e ótimo final de semana!

Renata Lopes Costa disse...

Ah! O tempo aqui anda louco mesmo!
Quinta-feira veio um vento danado e depois refrescou um pouquinho, mas hoje já está super quente novamente!!

Quando virá aqui? Me avisa, hein?!

monica disse...

Esse livro é um encantamento só!

Também adoro!

bjnhs

Anônimo disse...

Oi Beth!!

Como sempre, passei no seu blog para dar uma olhadinha, já que sempre me faz muito bem ler seus textos! Este é um dos meus livros favoritos! Adorei todas as histórias! Saudades!!!!
Fique bem!
Beijossssssssssssssssssssssss!!!!
Marinéa