.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Gracinhas da Gracinha


- Pois é, meu patrão tem um bar daqueles cheinhos de taças na casa dele, num sabe?
- Sei sim, Graça. Elas ficam penduradas de cabeça prá baixo, né.
- É. Mas estas taças estavam mesmo numa bandeja e eu fui limpar elas, aí derrubei uma garrafa igualzinha a esta que a senhora tem ali com aquela coisa branca que parece batida.
- Ah, licor!
- Isso! Aí a garrafa caiu bem em cima das tacinhas e quebrou todos os pezinhos delas. Só restou uma.
- Nossa! E o que você fez?
- Ah, a senhora tinha que ver meu desespero, mas não tinha ninguém prá eu falar na hora.
- E aí?
- Aí, eu peguei "superbondi" e colei todas elas e deixei lá direitinho.

Não me contive e cai na risada. Lembrei-me que tive uma outra empregada que fez o mesmo com uma tacinha minha e na hora em que fui pegar a mesma, veio só a parte de cima na mão. Aí, a Gracinha me disse que isso também aconteceu com o patrão no dia seguinte quando pegou uma daquelas, mas que ele foi bonzinho e compreensivo. Até já comprou outras, não mais daquele tipo porque, segundo ela, não tem mais prá vender por aí. Então ele comprou uns "cristais Cisper" mesmo. Ô coitado!

- Então, a senhora quer que eu limpe aqui dentro?
- Não, não, não! Pode deixar que eu mesma faço isso. Obrigada!


Coisa de doido sô!!!


P.S.: Em 11 de março fiz um post em que
apresentei a Gracinha.
O nome do post é: A Distância entre
nós.

5 comentários:

Heloisa disse...

Oieee amigaaaa !!!!
O seu blog está muito legal, inclusive com a nova "roupagem".
Acho tudo isso a sua "carinha", ou seja, alegre, inteligente e muito versátil.
bjssssss

Teresa disse...

Ola bom diaaaaaaaaaaaaaaaa
Dei uma gargalhada com a historia da gracinha. Por acaso ontem alguém me disse para gravar o filme brasileiro * Domesticas * e só vi o começo em que a empregada de limpeza esta a limpar o pó a uma jarra e a mão dela não sai mais, ela então parte a jarra para a mão sair rssssssssssssssss. Só vi esta cena. Se tiver tempo logo a noitinha irei ver o filme. Amiga quero agradecer as suas visitas ao meu blog e os comentários carinhosos, muito obrigada. Um beijinho e uma boa quarta feira

As aventuras de uma brasileira no Egito disse...

Tem coisas que eu tbem preciso fazer.....kkkkkkkkkkk

beijos e fiquem com Deus

Lilás disse...

Teresa,
Eu já vi este filme e posso afirmar-lhe que é ótimo e você vai rir muito.
As pessoas que trabalham hoje em dia nas casas de família, muitas não tem noção do que valem cada objeto, ou sequer entendem dos produtos para limpeza, por isso estou sempre em casa no dia que ela vem, para auxiliar e muitas vezes eu mesma fazer a colocação das coisas nos devidos lugares, senão....
Mas ainda é muito necessário neste país com as casas sem estrutura, que tenhamos ajudantes e esta aí, a Gracinha, é uma pessoa ótima, sofredora e muito esforçada. Eu a admiro muito e ajudo-a no que for preciso. Daqui há pouco mesmo vou sair prá ver um celular prá ela, pois o dela foi roubado e era novinho. Coitada!
abraço prá você.

Lilás disse...

Atenção Pessoal!

Se quiserem saber melhor quem é a Gracinha, leiam meu post de 12 de março de 2008 - A Distância entre nós - lá eu faço uma apresentação dela.