.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 15 de julho de 2008

Um oi aos meus Amigos Anjos


Não acredito em anjos como seres alados, assexuados e voando à minha volta.

Acredito que Deus colocou em nossas vidas anjos, não com duas asas, mas sim com braços e pernas, corações e mentes.

Acredito sim em anjos na forma de gente. Gente boa que passa pelas nossas vidas, às vezes por tão pouco tempo, mas com marcante presença.

Gente que com sua conversa e alegria nos leva para um plano mais leve ou gente que nos ajuda em um determinado momento, mostrando caminhos que nós mesmos não conseguimos enxergar.

Conheci na vida muitos anjos e eu mesma fui anjo para alguém certas vezes e ainda serei enquanto viver, seja no mundo real ou virtual porque o que nos move para isso é simplesmente o amor.

Acho também que todas as pessoas que conheço na vida tem alguma ligação ou vibração comigo, por isso me importo com elas, valorizo-as e tenho sempre um tempinho, nem que seja um "oizinho" para cada uma delas.

À todos os que me lêem por este canal de comunicação, agradeço sua afetiva companhia e tenho já um profundo carinho por cada um. Digo até, que fico com saudades de vocês quando não os leio em seus respectivos blogs ou quando tenho que me ausentar como agora, somente por alguns diazinhos e não ler seus comentários.

Volto no domingo e espero encontrar meus "amigos anjos" para mais uma troca de boas energias.

E você, acredita desse jeito como eu?


13 comentários:

As aventuras de uma brasileira no Egito disse...

A cada palavra desses amigos anjos, a cada visita e cada noticia, nos repleta de alegrias.....

Aproveite muito, curta todos os momentos e estaremos aqui te esperando....

Beijos no coracao....

Fiquem com Deus

Barbrinha

Lilás disse...

Barbrinha,
Você é com certeza um desses Anjos que falo.
Quando leio suas aventuras egípcias ou quando vc me visita, sinto a vibração gostosa que há entre nós, mesmo nesta lonjura toda que estamos.
beijão garotinha!

Sonia H. disse...

Eu acredito em anjos sim, Beth.
Adoro te visitar aqui e da mesma forma fico muito feliz quando você me visita também.
Beijos com carinho,

Heloisa disse...

Já estou com saudades, demora não!...
Com toda a certeza dessa vida, voce é minha "amiga anjo" ou um "anjo de amiga", tanto faz!!!

aminhapele disse...

Até domingo!
Um abraço.

ro costa disse...

Também acredito nisso... acho que muitas vezes Deus nos fala através de um comentário ou ombro de um amigo real e agora virtual, tanto que quando alguém que costumo visitar se ausenta me preocupo.
Até a volta.
Forte abraço sempre.

Uma Brasileira nas Arábias disse...

Lilás,
Eu penso como você. O esterótipo de anjinhos voando infelizmente ficou na minha infância, mas o alto-astral dos nossos anjos pela vida contagia e só traz energias positivas.
Também fiquei com saudades quando tirei umas férias e não pude visitar meus amigos virtuais... Mas aproveite bastante o seu passeio. Estaremos por aqui à sua espera. Bjs! :oD

Sonho Meu disse...

Eu acredito em anjos e por sinal tenho dois que proteje a mim e minha familia.
Mas, um dia minha filha falou "mãe vc é um anjo, tenho certeza absoluta". É bom escutar isso de um filho, nao é mesmo?
bjos,
me

Clecia disse...

Eu acredito em anjos também. Existem pessoas que se mostram verdadeiros anjos em nossa vida. Não adiaanta ficar procurando anjos com asas. Eles nao têm asas. São pessoas como nós mesmos, mas pessoas de bem que são capazes de tornar nossa vida melhor, capazes de nos confortar e nos dar força para enfrentar as atribulações da vida. Belo texto!

O Profeta disse...

Eu acredito em tanta coisa fora deste mundo...


Doce beijo

Lucia Cintra Stevenson disse...

Primeiramente, gostaria de agradecer suas palavras, fiquei ate tocada por me considerar tanto, muito obrigada de todo coracao!

Como somos parecidas! Tb acredito nesses tipos de anjos de carne e osso (rsrs) e ate tenho uma experiencia a contar. Vai ser meio longa, mas ja que nao tenho seu email, contarei aqui:

Meu pai foi transferido a trabalho pra ca no final de 1992. Euzinha aqui, adolescente de 17 anos, nao queria me mudar de pais de jeito nenhum, pois ia deixar minha vidinha pra tras, amigo e namorado de 2 anos. Mas... tive que vir. Fiquei tao deprimida que acabei voltando nos primeiros anos pro Brasil pra morar com minha avo materna por 6 meses e na epoca estava estudando e tentando pro vestibular (quando nos mudamos nem tive chance de fazer isso ja que foi assim que terminei o segundo grau).

Numa das minhas idas pra uma faculdade pra fazer vestibular - numa cidadezinha do interior de SP (acho, nem me lembro direito e onde um tio meu morava), peguei um onibus meio vazio e sentei do lado de um senhor. Na epoca ainda estava em duvida se voltaria pros USA ou tentaria ficar por la e mesmo nao querendo papo com ninguem, esse senhor comecou a conversar comigo. Me senti tao a vontade com ele que conversa vai, conversa vem, e acabei contando que meus pais tinham sido transferidos de pais, que nao sabia o que fazer, etc e etc...

Ele me deu um conselho dizendo pra eu seguir meu coracao, que achava que era uma oportunidade boa pra mim e que deveria apenas tentar pra ver no que dava. Se nao desse certo, sempre teria as portas do Brasil abertas e poderia voltar qq hora que quisesse. Nao me lembro das exatas palavras, mas ele tinha uma presenca, uma paz e uma maneira de falar e sabedoria que me tocaram muito.

E falou mais: disse que as coisas na vida nao acontecem por acaso. Ai me pediu pra dar uma olhada pelo interior do onibus. Pra eu reparar como ele estava quase vazio, e mesmo assim calhamos de comprar tickets com assentos um do lado do outro. Disse que nao achava isso coincidencia (talvez precisasse mesmo conhecer alguem como ele naquele momento).

Outra coisa que notei e' que ele era um homem super baixinho. E eu, na epoca com um pouco de complexo de ter somente 1, 51cm de altura, notei que ele era feliz assim mesmo. Parece bobeira, mas tudo isso realmente me tocou e me fez enxergar certas coisas.

Conversamos durante a viagem toda e fiquei sabendo um pc da vida dele, que era veterinario (algo que desde crianca quis ser) de uma cidade pequena tb e que tinha 3 filhas (como eu e minhas irmas). Ele me deu seu cartao de negocios e o tenho guardadinho com muito carinho ate hoje - uns 14 anos mais tarde!!!

Um dia ainda tenho vontade de procura-lo pra contar o quanto mudou minha vida, pois acho que talvez teria ficado no Brasil... nem sei! E durante um tempao eu cismei que esse homem era um anjo posto na minha vida, no exato momento que precisava, me oferecendo palavras e conselhos que realmente precisava escutar.

Desculpa o comentario ter ficado imenso, mas nunca me esqueci desse anjo e achei legal compartilhar essa estoria contigo. bjos

Lucia Cintra Stevenson disse...

Tentei postar aqui, mas nao sei se foi ou esta esperando v aprova-lo. Me avisa se nao recebeu, ok? Bjos

Lilás disse...

Ai, Lucia!!!!!!!!!

Que comentário mais incrível! Com certeza foi um anjo que falou contigo naquele ônibus, fiquei até arrepiada, menina!
É como eu disse, as pessoas não passam nas nossas vidas por acaso não.
A vontade divina se encarrega disso e as nossas ações, atraem espíritos parecidos com o nosso para trocar ou oferecer idéias ou apenas palavras de consolo.
Por isso não devemos desprezar toda e qualquer pessoa, mesmo aquelas consideradas "invisíveis", porque têm uma colocação social ou profissional abaixo da nossa, mas, com certeza um coração e mentes maravilhosos para interação com outro ser humano.

Beijão, garota!