.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

terça-feira, 24 de junho de 2008

Flashes de Londrina


A visita do príncipe Naruhito à Londrina, ontem 23/junho, teve a presença de muitos descendentes de japoneses à inauguração da praça Tomi Nakagawa, em homenagem aos imigrantes japoneses. Na cerimônia, que reuniu cerca de cinco mil pessoas, o príncipe voltou a quebrar o protocolo, como já havia feito em São Paulo, e cumprimentou o público. A linda Maíra (norinha) à esquerda, ajudou na organização do evento e enviou-me essas fotos do registro desta importante visita no ano em que comemora-se o Centenário da imigração deste povo que trouxe tanto para o Brasil com sua cultura milenar.






7 comentários:

Fátima disse...

Oi minha queridinhaaaaaaa!!!
Nossa como a Maíra tá linda!!!
Acho tão bonito preservar a cultura de um povo e os japoneses fazem isso muito bem.
Mil beijinhos!

Uma Brasileira nas Arábias disse...

Nora chique a sua, hein! ;) Bjs.

Lilás disse...

É mesmo Fafi, a Maíra é uma lindinha e acho super bacana esse negócio de se preservar a cultura de nossos antepassados.

Paty, querida,
Ela é namorada ainda do filhão, mas torço para que um dia seja nora de verdade, pois é uma excelente moça.
beijinhos procê.

Heloisa disse...

Oi querida amiga!
Tenho verdadeiro fascínio pela cultura japonesa em todos os seus aspectos.
Acho muito justa todas as homenagens que estão sendo feitas a toda colonia japonesa no Brasil.
Aqui em Petrópolis, também teremos um evento no Palácio Cristal prestigiando essa milenar cultura.
Se não me engano, esse evento será realizado em julho.
Parabéns pela norinha que com toda a certeza é uma moça muito especial!
bjs

Maira disse...

Olá!
Haja organização para uma passagem tão rápida! Apesar de muito curta os ditianzinhos e batianzinhas ficaram bem emocionados, começaram a chegar ainda não eram nem nove horas para ficar la na frente e poder reverenciar o princípe. Foi mesmo um privilégio recebê-lo, até porque nem no Japão os súditos tem a oportunidade de ver a família real de tão perto!
Beijos

Barbrinha disse...

Aqui eh melhor lugar para me informar sobre o que acontece no BRasilzao......parabens......

Beijos e fiquem com Deus

Sonia H. disse...

Beth,
Que momento especial, não é?
E que nora linda!
Eu acho tão bonito quando a pessoa preserva as tradições de seus antepassados.
Ouvi em algumas entrevistas nesta passagem dos 100 anos da imigração japonesa que muitos não falam o japonês. Lamento. Sinceramente.
Admiro muito quem preserva os costumes, a língua e a história de suas famílias.
Beijos,