.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Nas teias da vida

Para cada um de nós que teve o privilégio de viver mais este dia.


Tenha sempre presente que a pele se enruga, 
o cabelo embranquece, os dias convertem-se em anos...
Mas o que é importante não muda... 
a tua força e convicção não tem idade. 
O teu espírito é como qualquer teia de aranha. 
Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida.

(Madre Teresa de Calcutá)







13 comentários:

Bia Jubiart disse...

Boa madrugada! Virando bom dia!!!

Que sensível percepção! Amei a imagem!

Faz a geente refletir na teia da vida...

Beth, tenha uma semana com todos encantos da chegada da primavera!

Bjão.

✿ chica disse...

LINDO!!Lindas fotos, maravilhosas, aliás! beijos,ótima semana,tuuuuuuuuudo de bom,chica

Das coisas que vejo e gosto. disse...

Oi flor!

Que mensagem linda e poderosa.

Beijos e uma semana maravilhosa!

Beijos

Selma

Márcia Cobar disse...

Bela reflexão para o começo da semana!
Bjs Betinha!
Márcia

Dulce disse...

Bom dia, Beth

Uma grande verdade, minha amiga... e é preciso saber encontrar essa nova linha de partida.
Lindas fotos!

Beijos e uma ótima semana para você.

Leila Brasil disse...

acho que se tem que continuar trabalhando,construindo e mantendo nosso prédio interior com vigor, humor e amor

Beijocas

Heloísa disse...

Beth,
Você está uma artista nas fotos.
E uma campeã na escolha das palavras que nos traz.
Beijo.

pensandoemfamilia disse...

Pois é amiga, no dia 20 iniciei um ano novo e sinto-me neste privilégio aqui exaltado tão bem através da Madre Teresa.
bjs

Teresinha Ferreira disse...

Minha GRANDE AMIGA!
Você tira umas fotos belíssimas, sabia?
Eu acho fantástico a teia de aranha. A trama. A delicadeza.
Ter a percepção para ver fios tão invisíveis e tão coesos. Assim deveria ser nossa linha do tempo. Fina, mas resistente para o que der e vier, não é mesmo?
Beijos mil

Camille disse...

Querida Beth,
Demorou para abrir os comentarios, pensei que nem ia abrir mais.
Adorei o texto da Madre, da teia de aranha. Que lindo isso. E tb o texto sobre as arvores. Tudo radiante, como voce. ( tinha tanto a dizer, mas depois de futucar tanto esse blog para abris os comentarios, perdi meio o fio da meada)
Beijos e muito carinho,
Cam

Calu disse...

E não mais
me esquecerei disto,
de cada linha,
de toda a mensagem,
das muitas sutilezas
aqui colocadas
nestas verdades
tão bem desenhadas.

...por vc delicada Mãe Gaia, que lindamente compôs imagem+mensagem num delicado post.
Bjkas Betinha,
Calu

Toninhobira disse...

Inspiradora imagem,para a sabedoria da Madre.
Olhar a construção de uma teia é algo que nos leva a reflexões.
Um abração.

ML disse...

Aqui em casa, eu torço pra não ver uma teia de aranha.
Me sinto muito mal em destruir o trabalho inteiro das moças. É a vida delas...
Mas... é difícil. Pega "mal". Destruo com dó.
De vez em quando faço vista "grossa": pra ver se elas se mudam...

bjnhsssssssss