.....................................................................................................................................................................Porque não só vives no mundo, mas o mundo vive em ti. .....................................................................................................

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Baú da Lilás


Fico chateada quando quebro algumas coisinhas que gosto tanto e que sempre cuidei com carinho.

Neste sábado lá na serra, mal acordei, fiz este estrago como podem ver nas fotos. E o pior foi que o abajur caiu e, além de quebrar a cúpula de opalina, rachou o vidro da compoteira. Ah, como doeu!





Eu gosto de objetos antigos e vez ou outra compro um nas minhas andanças por antiquários ou feiras. Tenho também algumas pecinhas que foram de família e que costumo deixar lá na casa de Petrópolis, pois combinam mais com o ambiente daquela cidade que remete aos tempos de Dom João Charuto. Quando vou prá lá é como se mergulhasse num outro tempo, cheio de lembranças e calmaria.



Mas gosto também de misturar alguns itens antigos ao moderno e, segundo os especialistas, essa mistura de modernidade e nostalgia proporcionam bons resultados na decoração. A mim parece que dão uma aquecida no ambiente, transmitem alguma coisa com seus brilhos e formas, a cultura de uma época com suas memórias e registros históricos que a gente guarda lá no cantinho da alma. E ainda por cima são genuínos, pois o que se vê hoje em dia parecem ser objetos feitos em série e que tem em todo lugar. Tenho, desde móveis, enfeites, caixinhas, xicrinhas, bules, vasos, pequenas esculturas a discos que não consigo ouvi-los, pois dei a única vitrolinha que possuia. Mas, não dou aqueles LPs de jeito nenhum! Ainda vou conseguir uma vitrola pra curti-los, com a calma e respeito que eles merecem.

Abaixo selecionei alguns que acho bonitinhos e que não consegui deixar lá na serra e trouxe para junto de mim, pois adoro observá-los.



22 comentários:

Heloísa disse...

Beth, querida,
Que peças lindas. Também gosto muito de antiguidades e, como você, acho que fica bem uma mescla do novo com o antigo.
Que pena o pequeno desastre que atingiu suas duas peças. Outro dia também quebrei um cúpula de opalina, de um abajur bem antiguinho. Pena que não dá parra repor.
Beijos.

Lúcia Soares disse...

Beth, você é um mimo! Mulherzinha mesmo, delicada, fina, de bom gosto. A foto de sua cama, vista pela espelho do armário, foi isso mesmo que vi? Que quarto lindo, que paz trasmitiu, delicadeza,um show. Você é "tudibom", minha amiga! Bj

Lucia Cintra disse...

Ai Web-Mae, que chato ter quebrado suas coisinhas! Imagino como deve ter ficado triste.

E que pecas lindas, voce tem um excelente gosto! Tb gosto muito e um dia quando voce vier me visitar, vou te levar nas varias lojas de "antiques" que eles tem por aqui. Tenho certeza de que vai adorar! bjinhos, Lu

Elianne Goff disse...

Sinto muito pelo abajur e por sua compoteira ter rachado , uma pena !!! As pecas sao lindas , gostei de ver os detalhes e o colar de perolas eu adoro , acho feminino e elegante, tenho alguns em diferentes estilos , hoje passei em uma loja aqui chamda Mauricies, cada roupa, e tinha os colares de perolas diferentes com fitas e outras correntes, Eu Quero !!!

Obrigada Beth por abrir o" Bau da Lilas" para nos apreciarmos !!!

Beijos e Abracos ( estou retribuindo o seu !!! )

Cristiane A. Fetter disse...

Sem contar que fazem parte da história da nossa vida, né Beth?
bjks

Fernanda disse...

Beth, vc eh elegante demais! As pecas do slide sao lindas!
Bjos.

Beth/Lilás disse...

Heloísa,
Pois é, você também sabe como é chato quebrar essas coisinhas, pois fica difícil de reparar e se substituir por algo diferente acaba ficando grotesco e perde o charme.
Vou tentar em alguns lugares ainda.
Eu vi que vc também curte antiguinhos e achei legal.
bjs
---------------------------------------------

Lúcia,
Obrigada pelos elogios, mas não sou tanto assim, apenas gosto dessas coisas, acho que é porque sempre gostei das histórinhas de Cinderela, castelos e outras coisitas más. hehe
Aquele quarto tem ainda uma linda cômoda e dois criados mudos bem bonitinhos também. Devem ter hoje mais de 100 anos e estão perfeitinhos. Eu adoro o estilo Art Déco e Art Nouveau.
Brigadinha.
bjs
-------------------------------------------------

Lucinha,
Eu acho que foi porque acordei com o telefone tocando e acabei levantando-me meio 'grogue' de sono, daí acabou dando nisso.
Snif, snif!
Ah, eu adoraria ver isso por aí, deve ter cada vintage maravilhosa!
bjs
--------------------------------------------

Eliane,
Bonitinho aquele colar, mas as pérolas nem são verdadeiras, puramente bijou.
E tem mais coisa, mas não deu para mostrar tudo, quem sabe outro dia.
bjs
-----------------------------------------------

Cris,
Então, certos objetos, móveis, quadrinhos muitas vezes têm um significado todo especial para cada um de nós e nem precisa ser antiguidade, pode ser apenas uma coisa de nossas infâncias, mas que a gente gosta de ter por perto, né mesmo.
beijinhos
------------------------------------------------

Fernanda,
Que nada, menina! Eu acho que tô ficando é velha demais, por isso tantas "tranqueirinhas" guardadas. haha
beijocas

----------------------------------------------------

Ivana disse...

Beth, estes objetos é que fazem a casa da gente ter história pra contar... Lindos!
Beijos!

Beth/Lilás disse...

Ivana,
Tem toda a razão, pois certa vez recebi umas amigas para um lanche e fiz uma brincadeirinha, coloquei numa bandeja xicrinhas antigas variadas e quando elas viram-nas, não sabiam qual escolher e foi divertido ver a cara de cada uma escolhendo a mais bonita.
Gosto dessas bobeiras. heheh
beijão

----------------------------------------------------

Luciana Håland disse...

Beth, adorei seu baú, me amarro demais em coisas antigas, mas não tenho quase nada, de vez em quando vou a antiquários por aqui e procuro alguma coisa,mas não tenho tanto espaco na casa.
Tudo lindo, e uma pena seu abajur ter quebrado.
Beijo

Camila Castro disse...

Lindos seus "bejetos"... Adoro antiguidade. Mas aprendi na vida a não me apegar a coisas materiais (depois de perder/destruir muitas coisas na vida!). Então ultimamente tenho o mínimo necessário...

E seu post anterior - que lugar divino. Nunca fui a Petrópolis - morro de vontade. E Itaipava - a cerveja também! Você também tem muita sorte de ter seu recantinho lá no alto da serra!

beijo

Renata disse...

tambem gostei...
principalmente das cores...
ano passado eu joguei inumeras coisas fora... pois nao tenho mais espaco aqui em casa pra mais nada... e tenho que ficar me policiando senao acabo enchendo tudo de novo...
entao, quando vejo uma coisa que quero, me pergunto primeiro "onde vou poder colocar?? Tem espaco?"...
kkkkkkkkkk
beijos!

Nina disse...

ahhh que dó! de fato, aperta o coracão :(
e que quarto fofo é esse, gente???

Lúcia Soares disse...

Beth, dá um "passadinha" aqui em BH. Temos antiquáríos maravilhosos!
Vou dar uma olhada e ver se encontro suas peças quebradas. É bem possível, viu? "Peraí" um pouquinho que já lhe digo se achei ou não. Bj

Kálita disse...

Beth, lindas peças...coisa de alma sensível mesmo!
Adorei aquela peça que tem coelhinhos na tampa!Fofo!

Beijos

Ciça Donner disse...

Ai mana, eu também fico doente quando quebro alguma coisa minha. Tenho poucos, muitos poucos objetos de decoracao e o que tenho é escolhido a dedo. miacabo!

Barbie Girl disse...

Beth que sôdadi de passar em seu cantinho....

lindas peças, tb me amarro em antiquários, peças de família, nos levam à boas recordações!!

um grande beijo e boa semana!

Lu Olhosde Mar disse...

lindas as peças, q charme de quarto..cara de Petropolis mesmo!!! estou em tempos de mudança - de casa... entao este assunto me interessa!!! um beijao amiga.

Sonia H. disse...

Oi, Beth,
Lamento o que aconteceu com as tuas louças lindas, mas acho que o que dói mais é o valor sentimental impresso nelas, não é.
Adorei ver os teus outros mimos.
Beijos,

Beth/Lilás disse...

Luciana,
Mas eu sei que vc coleciona anjinhos, já vi até. Também são pecinhas lindas e super decorativas.
Você também tem bom gosto.
beijos
---------------------------------------------

Camila,
Sei bem o que vc quer dizer e tento me policiar hoje em dia para não ser perdulária, ficar juntando coisas que não tem sentido e por isso nem compra mais. Isso, na verdade, foi um determinado tempo da minha vida em que fui comprando, colecionando e agora curto em tê-los, mas se um dia precisar dar para alguém, principalmente que goste também, darei com imenso prazer, pois sei bem que caixão não tem gavetas. haha
beijocas

--------------------------------------------------

Renatinha,
Você também é outra que eu sei que gosta de comprar e decorar seu cantinho e está certíssima quanto a este pensamento, pois é justamente assim que ando pensndo ultimamente antes de comprar qualquer coisa - onde vou botar?
bjs
-------------------------------------------------

Nina,
Puxa, que prazer e honra tê-la por aqui no meu pedacinho e que bom gostou do meu 'baú'.
Volte sempre.
beijocas
--------------------------------------------------

Lúcia querida,
Mas, comprar assim é difícil, pois tem que ver se o bocal é da mesma largura do meu abajur. Terei que levar a peça toda para ver se combina, inclusive, com os desenhos. Eu sei que vou achar.
De qualquer forma, agradeço seu interesse em ajudar-me. Você é uma fofa!
beijocas
-------------------------------------------------

Kálita,
Obrigada! Aquela pecinha é um xodó e morro de medo da Gracinha que limpa aqui venha a quebrá-la, principalmente as orelhinhas dos bichinhos. É um biscuit antiguinho mesmo e quase não se vê por aí.
Aquele do menino sentado sobre a tampa da caixinha em verde com um globo, ela quebrou a cabeça do bonequinho e só descobri depois quando percebi a cola co super-bond.
Fazer o quê, né!
bjs
-------------------------------------------------------------

Ciça,
Pior é quando outra pessoa os quebra, cola tudo com super bond e faz cara de paisagem quando a gente descobre o que foi feito.
E você que tem a casa cheia de homens, nem tente comprar essas coisinhas, senão só vai se aborrecer.
beijos
--------------------------------------------------------------

Barbie,
Saudades também, vou lá te visitar.
Que legal uma gatinha tão jovem como você, curtir antiguidades, acho bacaninha.
beijos
-------------------------------------------------

Lu,
Se precisar de assessoria para comprar estas besteiras eu tô aqui mesmo para auxiliá-la, pois adoro este tipo de compras.
Aproveite e dê um pulinho naquela feirinha de antiguidades que tem na Praça XV aos sábados, tem cada coisa lindinha para decorar quartos e cantinhos charmosos, como bandejas de tacinhas coloridas e variadas para licores.
Ficam lindas quando compradas aleatoriamente e colocadas sobre uma bandeja com fundo espelhado.
beijos

--------------------------------------------------

Sonia querida,
Já voltou dessas longas férias?
Que bem vê-la por aqui de novo.
super beijos

-------------------------------------------------------------------

Silvia Masc disse...

Lindas as peças... Eu há algum tempo venho praticando o desapego, cuido e guardo com carinho, mas quando os acidentes acontecem não sofro como sofria antes, e você já percebeu que quando outro quebra e não a gente a tristeza é maior? Parece que nos desculpamos com mais
facilidade.

bjs

Georgia disse...

Beth que pecas lindas vc tem. Vc iria ficar louca com a feirinha de antigüidades que tempo por aqui.

Essas coisas qdo quebram nos deixam mesmo tristes nao é? Que pena!

Um beijo grande